Homosexualité

Fortalecer é preciso!

le secteur de la société civile

Capacitação de agentes defensore dos direitos humanos em todo o Brasil através de um processo de formação multiplicadora, como estratégia para enfrentar a necessidade de ampliar a capacidade de formulação, conceitual e metodológica, da promoção e da proteção dos Direitos Humanos no contexto atual.

Casa da Mãe Joanna #CDMJ

hybride

#CDMJ é uma empresa que oferece comunicação e educação feminista sobre gênero. Nossos serviços: palestras, oficinas, cursos, consultoria de marketing. O blog captura pensamentos atuais sobre pautas feministas, e sua relevância social. Nós explicamos gênero e feminismos.

Turma do Bem

le secteur de la société civile

16.000 dentistas voluntários, distribuídos em 14 países, oferecem tratamento gratuito em seus consultórios a jovens pobres, com graves problemas bucais, e a mulheres vítimas de violência, que tiveram as dentições mutiladas.

Portrait de Stephanie H. Ambar

“A impunidade é um grande oxigênio que alimenta o ódio contra LGBT”

Uma pessoa LGBT morre a cada 28 horas no Brasil. “A certeza da impunidade é, por certo, um grande oxigênio que alimenta várias manifestações de ódio contra LGBT.” Assim define Marinalva Santana, emprendedora social da rede de fellows da Ashoka e diretora do Grupo Matizes, um dos maiores desafios atuais no respeito aos direitos de lésbicas, gays, bissexuais e transexuais (LGBT) no Brasil.

Share this post

Diálogos Intergeracionais

le secteur de la société civile

Promover diálogo intergeracional entre as jovens da primavera feminista e as feministas de longa trajetória para que construam estratégias de curto, médio e longo prazo na defesa dos plenos direitos civis e humanos das mulheres no Brasil.

Educación en la Diversidad

le secteur de la société civile

Encontrarse en la Diversidad es una propuesta que apunta a encontrarse con uno/a mismo/a a la vez que con los/as Otros/as. A partir de espacios de reflexión y debate proponemos el encuentro como herramienta para deconstruir prejuicios, construyendo identidades múltiples y complejas.

33 dias sem Machismo

Gouvernement

<p>Dica: Este será o primeiro texto introdutório sobre este projeto que será visualizado por quem acessar sua inscrição.</p>
- 33 dias dias sem machismo
- 50 dias sem LGBTfobia
- genero e sexualidade além do rótulo
- não a cultura do estupro
-

Servidores Humanos

le secteur de la société civile

A Escola de Governo acredita que o desenvolvimento do país só é possível na medida em que se puder contar com governantes éticos e preparados e com cidadãos atuantes. Em 25 anos, os cursos da Escola buscam formar sujeitos para a cidadania ativa e para a defesa integral dos Direitos Humanos.

Pages