A Fonte

A Fonte: Toda voz conta

São Paulo, BrasilBrasil
Ano em que foi fundado:
2016
Tipo de organização: 
Híbrida
Estágio do Projeto:
Ideia
Orçamento: 
$50,000 - $100,000
Scaling strategies launched within the past 6 months:
Não se aplica
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

A Fonte será o primeiro canal brasileiro de pautas sobre direitos humanos. Ele será alimentado pelas informações geradas na ponta, pelos ativistas, e levará esse conteúdo aos jornalistas de todo o país, diversificando a cobertura e ampliando o potencial de comunicação da sociedade civil.

E SE... - Inspiração: Escreva uma frase que descreve uma forma que seu projeto se atreve a perguntar: "E SE?"

E se todo ativista de direitos humanos pudesse comunicar, para o resto do mundo, o que ele vê e vive todos os dias?
SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

Enquanto muito se fala sobre as novas tendências de comunicação no universo das ONGs de direitos humanos, um grande contingente de entidades fica para trás. A falta de estrutura, conhecimento e financiamento atrofia sua capacidade de comunicar. A consequência: poucas organizações falam muito na imprensa, promovendo apenas sua própria agenda e mantendo grande parte das outras causas e atores invisíveis.

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

Uma plataforma que recebe informações em primeira mão, coletadas pelos ativistas que estão no campo, e as transforma em pautas com formato, linguagem e timing adequados que serão disponibilizadas e distribuídas para uma rede nacional de jornalistas e defensores de direitos humanos. Romperemos as barreiras financeiras, espaciais e tecnológicas fornecendo instrumentos que facilitem a coleta e o envio dos dados pelas ONGs, entidades e movimentos sociais. O envio de informações poderá ser feito mediante aplicativo a ser desenvolvido, 0800, carta, fax ou e-mail. A Fonte se tornará referência para os jornalistas. Em sua outra faceta, A Fonte contribuirá para fortalecer a capacidade de comunicação das ONGs através de consultorias, guias e cursos.

Prêmios

É a primeira vez que o projeto é inscrito.
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

Recentemente, assistimos incrédulas ao assassinato de Clodiode Aquileu Rodrigues de Souza, um agente de saúde guarani-kaiowá que lutava por sua terra. As informações sobre o ocorrido chegaram à grande mídia 2 dias depois do episódio. A situação que precedeu o assassinato só foi registrada pelas ONGs ligadas ao tema e os sucessivos alertas dessas entidades nas redes sociais não foram suficientes para mobilizar a opinião pública e as autoridades. Em casos como esse, A Fonte processaria e distribuiria ativamente essa informação com mais eficiência, furando o bloqueio midiático e ampliando as chances de mobilização do grande público e das autoridades, fazendo a ligação entre jornalistas e ativistas.

Impacto: Qual tem sido o impacto do seu trabalho até hoje? Descreva também o impacto esperado para o futuro do projeto.

A Fonte vai impulsionar a capacidade de comunicação de organizações, entidades, movimentos e ativistas; vai pautar a imprensa com vozes e causas mais diversas, ampliando e melhorando a qualidade do debate público sobre direitos humanos por meio da mídia; vai trazer à luz, para um público mais amplo e para as autoridades, temas que são invisibilizados por conta da falta de estrutura, financiamento e conhecimento em comunicação; vai aumentar o custo político dessas violações; vai centralizar pautas sobre direitos humanos, criando e alimentando uma teia de informação e conhecimento entre organizações, movimentos e ativistas; vai ampliar as chances de engajamento, trabalho em rede e mobilização dentro do próprio movimento de direitos humanos brasileiro; e vai fortalecer as entidades e movimentos a partir de guias, cursos e consultorias sobre comunicação e imprensa.

Estratégias de Expansão: Avançando o projeto, quais são as principais estratégias para ampliar o seu impacto?

Uma das principais estratégias de ampliação d'A Fonte é a capacitação das organizações, movimentos e ativistas que fazem parte do projeto com materiais e consultorias sobre estratégias de comunicação. A ideia é que a plataforma, ao longo do tempo, desperte as entidades para a importância de fomentar a cultura de comunicação para ampliar o alcance e o impacto de seu trabalho e aumentar o custo político das violações sobre as quais trabalham. A Fonte se consolidará também como um canal confiável de pautas para jornalistas, transformando a maneira como a mídia escreve sobre violações de direitos.
Sustentabilidade
Financiamento: Como o seu projeto está sendo apoiado financeiramente?: 
doações individuais ou presentes - 15%
subsídio de fundação ou ONG - 55%
salário (proveniente de vendas, licenciamento, franchising, consultoria, financiamento, etc.) - 30%

Plano de Sustentabilidade Financeira: Qual é o plano para garantir a sustentabilidade financeira do projeto?

Adotaremos um modelo híbrido: queremos que o apoio de fundações, que será essencial sobretudo no início do projeto, converta-se mais adiante em compensação por serviços de consultoria e formação prestados às entidades financiadas. Vamos, ainda, ter um canal de doações individuais e lançaremos uma campanha de crowdfunding antes do lançamento da plataforma. Buscaremos incentivar o desenvolvimento de uma cultura de doações nacionalmente.

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

O projeto busca inspiração em iniciativas internacionais que estão colocando o foco na comunicação das ONGs e movimentos sociais. A principal diferença é que, enquanto a tendência parece ser de investimento em novas tecnologias, redes sociais e conteúdos multiplataforma, nosso foco está na imprensa tradicional. Acreditamos que ela continua sendo espaço privilegiado para o debate público, apesar não ser ocupada pela maioria das organizações que trabalham na ponta das violações. A Fonte permitirá que mais entidades, independentemente de seu orçamento, estejam presentes na mídia.
Equipe

História de fundação

Uma das fundadoras do projeto, ativista de direitos humanos, estava em uma reunião em que se abordaram causas com as quais ela tinha pouco contato. Chamou sua atenção o efeito desmobilizador que a super especialização das entidades provoca no movimento de direitos humanos como um todo. Ela pensou, então, em como seria importante poder recorrer a um canal de informações diretas, ágeis e confiáveis que desse conta da enorme diversidade do trabalho em direitos humanos no Brasil e que esse canal, por sua vez, conseguisse diversificar e multiplicar as vozes do movimento que hoje falam à imprensa. A Fonte surgiu de constatações de pessoas que já atuam na área e lidam, diariamente, com os reflexos desse desafio diário que é comunicar.

Equipe

Nossa equipe é formada por quatro ativistas, todas com mestrados, com grande conhecimento e experiência em organizações de médio e grande porte. Amanda Oi, advogada com experiência em coordenação de ONGs e Redes, Fabiana Leibl, advogada com experiência em ONGs no Brasil e no exterior, Laura Daudén, jornalista com experiência em reportagem e comunicação estratégica de ONGs, Vivian Calderoni, advogada com experiência como porta-voz de ONG.
Público Alvo:

Jornalistas, Formuladores de Políticas Públicas.

Outros (Por favor, especifique)

Ativistas de organizações de direitos humanos e movimentos sociais.

Foco de atuação:

Conscientização, Meio de Comunicação, Produtos ou serviços.

Outros (Por favor, especifique)
Inovação: O que faz que seu projeto seja inovador no setor de Direitos Humanos? (600 caracteres ou 100 palavras)

Segundo o IBGE, o Brasil conta hoje com mais de 5 mil entidades de defesa de direitos. A grande maioria não comunica adequadamente por falta de estrutura, conhecimento e financiamento. Nosso projeto inova ao olhar para aquilo que é aparentemente trivial - a relação com a imprensa a partir de conteúdos em formato, linguagem e tempo adequados. A Fonte vai romper as barreiras da coleta da informação no campo e de seu envio através da sensibilização das entidades e da disponibilização de canais diversos (desde uma conta 0800 a um aplicativo de celular) adequados à realidade das organizações e ativistas em todo o país. Possibilitaremos, assim, o acesso dos jornalistas a pautas em primeira mão sobre o universo dos direitos humanos.

Conte-nos sobre as parcerias que apoiam o seu trabalho: (450 caracteres ou 75 palavras)

Por já estarem inseridas no universo das organizações de direitos humanos, as idealizadoras d'A Fonte contam com uma rede ampla de parcerias e contatos. Isso, sem dúvida, beneficiará o desenvolvimento do projeto e nos permitirá consolidar alianças em um futuro próximo.

Políticas Públicas: De que modo você está contribuindo ou pensa em contribuir com no âmbito de políticas públicas? (300 caracteres ou 50 palavras)

Nosso projeto ajuda a trazer para o debate público causas invisibilizadas pelo bloqueio midiático. Isso aumenta o custo político das violações e impulsiona a transformação da realidade, seja através da sensibilização e mobilização de um público mais amplo, seja por informar as autoridades e gestores de políticas públicas.

Novas tendências: Além de seu projeto, que fatores, mudanças ou sucessos você acredita que poderiam ter uma forte influência no avanço dos Direitos Humanos? (600 caracteres ou 100 palavras)

A comunicação é uma das mais importantes chaves para a transformação da sociedade e para a realização dos direitos humanos. Lidamos diariamente com a falta de informação e de dados, que marca o trabalho do movimento brasileiro de direitos humanos e a construção de políticas públicas nesse âmbito. Por ser um centro aglutinador de informações com grande capilaridade em todo o território nacional, queremos que a nossa plataforma contribua para impulsionar uma cultura de transparência e acesso à informação dentro do próprio movimento e que alcance, ainda, os grandes meios de comunicação.