Migraflix

Migraflix: Workshops culturais ministrados por imigrantes

São Paulo, BrasilBelo Horizonte, BrasilBrasilia, Brasil
Ano em que foi fundado:
2015
Tipo de organização: 
Sem fins lucrativos / ONG/ Setor Civil
Estágio do Projeto:
Crescimento
Orçamento: 
$1,000 - $10,000
Scaling strategies launched within the past 6 months:
Crescimento organizacional
Organização de conferências
Treinamento, consultas
Campanhas
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

<p>O Migraflix visa inserir social e economicamente imigrantes récem-chegados no país a partir de novas possibilidades de trabalho. Nossa plataforma fornece aos imigrantes ferramentas e capacitação para darem aulas sobre suas culturas para a população local.</p>

E SE... - Inspiração: Escreva uma frase que descreve uma forma que seu projeto se atreve a perguntar: "E SE?"

E se pudêssemos apresentar os imigrantes como agentes transformadores da sociedade?
SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

O Brasil atualmente tem 1,8 milhões de imigrantes vivendo em seu território, segundo dados da Polícia Federal. Entre eles estão ainda cerca 8.500 refugiados. E essa parcela de imigrantes e refugiados no Brasil teve grande crescimento nos últimos anos, o suficiente para que estes demandem novas ações do poder público e dos grupos da sociedade civil envolvidos com a temática migratória.

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

Migraflix cria oportunidades para imigrantes ensinarem sua cultura aos brasileiros em aulas de culinária, música, arte ou dança. Já imaginou preparar um legítimo falafel ao lado de um simpático cozinheiro sírio? Ou dançar tango com um professor argentino? As aulas têm cerca de 3 horas de duração e um custo de 70 a 90 reais por pessoa. Migraflix tem como objetivo empoderar os imigrantes economicamente (repassando para os professores 80% do lucro de cada workshop) e integrá-los na sociedade. Migraflix dá ao imigrante uma posição de protagonismo, na qual ele compartilha seu conhecimento. Os brasileiros, por sua vez, não participam para ajudar o imigrante, e sim, para aprender com eles.

Prêmios

Finalista do Global Business & Interfaith Peace Awards das Nações Unidas
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

Bouteina Sakhi (imigrante de Marrocos) que ministra workshops de culinaria marroquina com Migraflix, conseguiu duplicar sua renda mensal graças a renda gerada pelas aulas. Muna Darweesh (refugiada siria) conseguiu se sentir valorizada novamente ao ver que os brasileiros tem interesse pela sua cultura e pelo seu trabalho com chef de comida arabe.

Impacto: Qual tem sido o impacto do seu trabalho até hoje? Descreva também o impacto esperado para o futuro do projeto.

O projeto já foi testado em São Paulo. Mais de 70 workshops foram ministrados por 11 imigrantes de 8 países: Síria, Marrocos, Camarões, Togo, Colômbia, Bolivia, Peru e Argentina. Mais de 500 pessoas aprenderam novas culturas nos nossos cursos. Além dos workshops, Migraflix organiza frequentemente eventos que geram renda e promovem a cultura de outros 10 imigrantes. Até hoje ja empoderamos 21 imigrantes e educamos mais de 3,000 brasileiros a partir de nossas atividades alem dos workshops, como feiras culturais e apresentações no Tedx São Paulo. Esperamos poder atingir ate fim de ano um grupo de 50 imigrantes e 10,000 brasileiros.

Estratégias de Expansão: Avançando o projeto, quais são as principais estratégias para ampliar o seu impacto?

_ Dispersão geográfica: ja fizemos os primeiros workshops em Brasília, Belo Horizonte e Curitiba e temos planos para expandir para outros países a partir do fim do ano. _ Licenciamento: o modelo do Migraflix foi criado para ser facilmente replicado em outras cidades graças ao licenciamento. Migraflix cuida da plataforma online e entrega ao representante do Migraflix fora de São Paulo o know how e branding que ele/ela precisa para desenvolver o projeto. _ Novas oportunidades de negocio: cozinhas colaborativas e workshops online
Sustentabilidade
Financiamento: Como o seu projeto está sendo apoiado financeiramente?: 
doações individuais ou presentes - 30%
salário (proveniente de vendas, licenciamento, franchising, consultoria, financiamento, etc.) - 70%

Plano de Sustentabilidade Financeira: Qual é o plano para garantir a sustentabilidade financeira do projeto?

Migraflix tem as seguintes atividades que geram lucro: _ Workshops abertos ao publico _ Workshops para empresas _ Feiras culturais _ Cozinhas colaborativas Planejando começar na segunda metade do ano: _ Workshops para escolas _ Workshops online Migraflix fica com 20% do lucro gerado por cada uma das atividades. Esse modelo permite ao projeto ser auto-sustentável. No momento estamos procurando financiamento para acelerar o crescimento.

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

Abraço cultural oferece cursos ministrados por imigrantes mas são só cursos de linguas e são cursos de varias aulas. Migraflix oferece workshops de 3 horas de culinaria, musica, arte e dança. Adus organiza workshops de culinaria ministrados por imigrantes uma vez por mes mas não é o foco da organização e por causa disso eles não conseguem chamar suficientes participantes.
Equipe

História de fundação

Jonathan trabalhava em Israel numa ONG que empoderava refugiados através do microcredito. No Brasil tentou fazer a mesma coisa mas acho muitos obstáculos jurídicos para criar um programa de microcreditos focado em imigrantes. Pensando em outras ferramentas de empoderamento do imigrante surgiu a ideia do Migraflix.

Equipe

Fundador e CEO: Jonathan Berezovsky (fundador da Townflix). Tempo integral no Migraflix Co-fundador: Rodrigo Borges Delfim (fundador do blog Migramundo). Tempo parcial COO: Erika Medica (Planejamento de projetos na Unesco). Tempo parcial CMO: Fernanda Valeria (planejamento de midia da agencia Africa). Tempo parcial Membros do conselho do Migraflix: _ Elena Crescia: diretora do Tedx Sao Paulo _ Mike Simko: empreendedor e mentor da endeavor
Público Alvo:

Populações marginalizadas.

Outros (Por favor, especifique)
Foco de atuação:

Conscientização, Produtos ou serviços.

Outros (Por favor, especifique)
Inovação: O que faz que seu projeto seja inovador no setor de Direitos Humanos? (600 caracteres ou 100 palavras)

Migraflix tem uma proposta inovadora de empoderamento e integração dos imigrantes porque se afasta da maioria das ONGs que se aproximam aos imigrantes de forma assistencialista e traz um modelo que tem um impacto tanto nos imigrantes como na população local. Não existe no Brasil outra plataforma que da aos imigrantes a oportunidade de ensinar suas culturas para os brasileiros de forma simples e eficiente. Migraflix tem desenvolvido a metodologia pedagógica das aulas seguindo os métodos de Paulo Freire dada a experiencia do instituto no trabalho com populações marginais.

Conte-nos sobre as parcerias que apoiam o seu trabalho: (450 caracteres ou 75 palavras)

Social Good Brasil: recebemos mentoria no desenvolvimento de um projeto social
ACNUR: desenvolvimento de atividades com refugiados
Pacto Global: participação em atividades com empresas do Pacto Global
Tedx Sao Paulo: divulgação da causa e do projeto capacitando a imigrantes para palestrar no Tedx Sao Paulo.
Migramundo: blog focado em imigração reconhecido no Brasil tanto por ativistas como por grupos de imigrantes.

Políticas Públicas: De que modo você está contribuindo ou pensa em contribuir com no âmbito de políticas públicas? (300 caracteres ou 50 palavras)

Conscientizando a população sobre os direitos dos imigrantes e dos refugiados, a partir de nossas atividades, conseguiremos ter impacto nas politicas publicas focadas nestes grupos.

Novas tendências: Além de seu projeto, que fatores, mudanças ou sucessos você acredita que poderiam ter uma forte influência no avanço dos Direitos Humanos? (600 caracteres ou 100 palavras)

Trabalhando com os grupos de imigrantes entendimos que um dos principais desafios é resolver o problema de falta de informação que eles tem relacionada a seus direitos. Um projeto focado na conscientização da população imigrante sobre os direitos deles seria um grande avanço dos Direitos Humanos.