Núcleo de Orientação

Núcleo de Orientação: Núcleo de Orientação Cidadã de Camaçari

camaçari, Brasil
Ano em que foi fundado:
2000
Tipo de organização: 
Sem fins lucrativos / ONG/ Setor Civil
Estágio do Projeto:
Crescimento
Orçamento: 
< $1,000
Scaling strategies launched within the past 6 months:
Crescimento organizacional
Lobbying, alteração de políticas
Outros
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

Contribuir para a melhoria na condição de cidadãos de populações vulneráveis como as GLBTTT de e PVHA e outras relacionadas à AIDS e HV, assim como no reconhecimento de seus direitos, garantias fundamentais, da sua dignidade e cidadania, redução da violência e preconceito.

E SE... - Inspiração: Escreva uma frase que descreve uma forma que seu projeto se atreve a perguntar: "E SE?"

se mudarmos a intolerancia e aceitação dessas pessoas no convivo social, e no ambiente de trabalho mudaria e muito a qualidade de vidas dessas pessoas.
SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

o reconhecimento de direitos, garantias fundamentais, da dignidade e cidadania, redução da violência e preconceito,especialmente no ambiente do trabalho e no acesso a serviços de saúde, na cidade de Camaçari e municípios circunvizinhos de de cidadãos de populações vulneráveis como as GLBTTT de e PVHA e outras relacionadas à AIDS e HV.

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

O nosso projeto visa realizar ações inovadoras e dar continuidade as ações já realizadas com outros parceiros como as empresas estaladas no município, portanto, dentro de uma perspectiva de valorização dos direitos humanos e à cidadania pretendemos, informar e orientar aos cidadãos/as, mobilizar os sindicatos, conselhos e os órgãos públicos e sensibilizar às empresas, na perspectiva da não-discriminação e defesa dos direitos humanos, com ênfases no ambiente do trabalho, visando a efetivação da cidadania plena das PVHA assim como outras populações em situação de vulnerabilidade social e programática, relacionada ao HIV, AIDS e outros agravos correlatos.

Prêmios

financiamento e premio do Ministerio da Saude
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

Disponibilizando atendimento para 129 pessoas, desses: 65 foram LGBT questões ligadas a direitos civis 30 demandas de previdência e garantias de direitos de pessoas acamadas com problemas de saúde e PVHA 06 denuncias de preconceito no local de trabalho com foco na questão do PVHA, realizamos intervenções junto a estes estabelecimentos, ainda disponibilizamos materiais informativos. 03 Acompanhamento das denuncias anteriores de testagem compulsória em HIV/AIDS em clinicas para exames pre-adimensionais, esta denuncias anônimas, foi encaminhamos ao conselho de saúde e aberto sindicância, estamos acompanhando o processo de administrativo nas mesmas 25 demandas de PVHA por falta no auxilio alimentação fornecido pela Secretaria de Saude.

Impacto: Qual tem sido o impacto do seu trabalho até hoje? Descreva também o impacto esperado para o futuro do projeto.

o projeto tem saldo positivo, pois disponibilizamos atendimento para pessoas, divulgamos o projeto nas rádios comunitárias, conselhos e jornais locais, visitas aos centros de atenção ás PVHA, ONG, centros comunitários, empresas, sindicatos, começamos as visitas aos centros de referência, realizamos a Capacitação de Agente Parceiro de Cidadania – APAC, 35 pessoas curso modular 48h (6 módulos de 8 h cada) e capacitações em HIV no ambiente de Trabalho, em 04 módulos onde os módulos, com 50 pessoas, assim como as visita e realização de sipat nas diferentes empresas e sindicatos para sensibilização sobre discriminação no ambiente do trabalho. Estamos realizando sempre atividades de advocacy e monitoramento, o projeto será monitorado durante o desenvolvimento por meio de planilhas de acompanhamento e nas reuniões da equipe.

Estratégias de Expansão: Avançando o projeto, quais são as principais estratégias para ampliar o seu impacto?

Junto ao conselho de saúde do município temos a intenção de replicar a formação para todos os conselhos locais do município, esta formação será realizada em 30 conselhos locais com uma media de 14 pessoas, sendo assim teremos um grande saldo positivo que ate então não era esperado nos objetivos, mas que de cara dar um grande norte, pois teremos pessoas que discutir e planeja a saúde do município nas suas bases mais emponderados e com olhar para os direitos humanos e respeitante os especificidades e a garantia para o acesso digno aos PVHA e GLBT nas serviços de saúde do município
Sustentabilidade

Plano de Sustentabilidade Financeira: Qual é o plano para garantir a sustentabilidade financeira do projeto?

hoje o projeto esta voltado mais para ações de advocacy usando pouco recurso e sim espaços de controle social e espaço de gestão a exemplo a secretaria de inclusão social de Camaçari.

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

O terceiro setor a exemplo, conselho municipal de saúde, grupo ante-aids de Camaçari, ambos atuam na formação e luta pelo direitos humanos, a por sua vez muito conselheiros que foram capacitados. Ramo da indústria através de empresas parceiras que participaram do projeto.
Equipe

História de fundação

Paulo paixão o presidente do grupo gay de Camaçari após ser agredido a pauladas só pela sua orientação sexual resolveu, muda essa historia e fazer algo por pessoas que muitas vezes não conseguia se defender e não tinha a quem procura, ai foi pensado essa proposta para atuar e no decorrer foi pensado que grande parte disse se deve a exclusão social e na fase adulta a falta de emprego e sustento piora essa situação a submissão por falta de recursos, por haver discriminação no ambiente de trabalho. então foi pensado o projeto e apoio pela gestão municipal e pelo ministério da saúde através de edital publico.

Equipe

01 advogado 01 assistente social 05 multiplicadores 01 assistente administrativos 01 historiador 03 educadores sim, pretendemos sim aumentar sempre a equipe do projeto, com engajamento de novos membro militante e voluntários que aderem a causa.
Público Alvo:

Populações marginalizadas, Formuladores de Políticas Públicas, Jovens.

Outros (Por favor, especifique)

empresários, profissionais liberais

Foco de atuação:

Conscientização, Parcerias, Organização comunitária, Educação, Financiamento, Meio de Comunicação, Leis.

Outros (Por favor, especifique)
Inovação: O que faz que seu projeto seja inovador no setor de Direitos Humanos? (600 caracteres ou 100 palavras)

O público-alvo beneficiado com este Projeto é a população mais vulnerável, vítimas de discriminação e violência, por sua sorologia, portadores de HIV, AIDS, hepatites e/ou tuberculose e seus familiares; assim como por sua orientação sexual e identificação de gênero, LGBT. O projeto atender clientes de Camaçari, que tem mais de 256.000 h e os municípios circunvizinhos de Lauro de Freitas, 144.000 h; Simões Filho, 109.000h e Dias D´Avila, 54.000h.

Conte-nos sobre as parcerias que apoiam o seu trabalho: (450 caracteres ou 75 palavras)

As instituições parceiras são:
Faculdade Metropolitana de Camaçari- FAMEC, com a colaboração de professores e/ou alunos avançados dos cursos de Direito.
GAPA/BA, com o apoio na experiência dos Promotores Populares de Direitos.
RNP+/Núcleo Bahia, para participar das oficinas onde seja trabalhado o tema das PVHA e como órgão consultor para a elaboração da estratégia de abordagem;
Grupos, ONG e associações comunitárias de Dias D´Avila, Lauro de Freitas e Simões Filho, disponibilizando seus espaços para divulgação e implementação das atividades do projeto;
Fórum Baiano de ONG-Aids, na divulgação do trabalho e na facilitação de alguma das oficinas;
Organização Internacional do Trabalho, regional Bahia, para orientações na legislação;
Sindicato dos Comerciários e da Industria, proposta de incorporar as ações contra a discriminação no ambiente de trabalho ( ex. Observatório de discriminação);
Superintendência Regional do Trabalho, para articular orientações e recomendações ás Empresas no intuito de minimizar situações discriminatórias e de violação de direitos,
ACEC- Associação Comercial  e Empresarial  de Camaçari, este importante ente será o interlocutor para que as empresas enviem seus funcionários às capacitações, assim como realizar ações de sensibilização para diminuir a discriminação das PVHA no ambiente de trabalho.

Políticas Públicas: De que modo você está contribuindo ou pensa em contribuir com no âmbito de políticas públicas? (300 caracteres ou 50 palavras)

estamos com parceria forte coma secretaria de inclusão social que apontamos nossas demandas e atuamos sempre nas busca e indicações de leis, que proibam o preconceito e discriminação, por fim a violação de direitos e garantia fundamentais a dignidade da pessoa humana.

Novas tendências: Além de seu projeto, que fatores, mudanças ou sucessos você acredita que poderiam ter uma forte influência no avanço dos Direitos Humanos? (600 caracteres ou 100 palavras)

criação de leis municipais a exemplo do dia do orgulho e conselho LGBT, lei da passe livre PVHA, lei das auxilio alimentação, a participação do empresariados e criação do selo discriminação zero.

Anexar arquivos: 
randomness