Recontando

Congratulations! This Entry has been selected as a semifinalist.

Recontando: Jornalismo na medida das crianças

BrasilNiterói, Brasil
Ano em que foi fundado:
2013
Tipo de organização: 
Com fins lucrativos
Estágio do Projeto:
Crescimento
Orçamento: 
$50,000 - $100,000
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

No ar desde março de 2013, Recontando - um site pioneiro e inédito - aproxima as principais informações do mundo ao universo infantojuvenil, através de uma linguagem própria, bem contextualizada e do uso da animação.

E SE... - Inspiração: Escreva uma frase que descreve uma forma que seu projeto se atreve a perguntar: "E SE?"

E se as Notícias falassem com as Crianças, as Tecnologias com a Cidadania e a Educação com o Futuro?
SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

Qualquer pai, mãe, tia ou irmão mais velho já passou pela situação de precisar explicar/traduzir para uma criança palavras ainda desconhecidas para seu vocabulário ou histórias mais complexas para o seu entendimento. Pare e imagine nos dias atuais, a Era da Informação, a superexposição das crianças a todo tipo de informações, da imprensa, inclusive. O que fazer? Proibí-las de questionarem ou de acessarem?

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

Proteger nossas crianças ganhou novo significado. Temos que reconfigurar o contexto acima, onde as notícias que pautam os jornais e as redes sociais são recontadas para a garotada. É exatamente isso que o Recontando faz. O filtro. O tratamento às informações é dado especialmente para adequar as notícias à recepção dos pequenos.
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

As crianças do projeto social da favela da Grota, em Niterói, produziram, elas mesmas, sob o método Recontando (animações e brincadeiras), um jornal especial que foi encartado n'O Globo sobre o processo democrático/eleitoral. Para produzir o material, diversos conteúdos ditos "adultos" foram tratados com elas e durante a feitura do jornal elas puderam apreender novos conceitos que, posteriormente, foram compartilhados com toda a comunidade infantil da cidade por meio do encarte em veículo de grande circulação, o jornal O Globo. Além disso, hoje, nosso Portal, nossa principal interface, nosso ponto de partida, com um total aproximado de 18 mil acessos/mês, comunica, comunidades brasileiras e países lusófonos, e crianças do país!

Impacto: Qual tem sido o impacto do seu trabalho até hoje? Descreva também o impacto esperado para o futuro do projeto.

O Recontando, por meio de sua presença digital, desde março de 2013, alcança crianças brasileiras de todo o país e do exterior (com conteúdos tb em inglês e francês) e suas animações /recontações já foram objeto de uso em salas de aula, portais de educação e projetos sociais e sua metodologia/tecnologia pioneira e inovadora foi objeto de estudos. Tendo tido o reconhecimento do meio acadêmico em apresentações na Unicamp e no TEDxUnisinos/2014.

Estratégias de Expansão: Avançando o projeto, quais são as principais estratégias para ampliar o seu impacto?

Com o aporte de novos recursos, o Recontando produzirá 10 novos episódios online e suas respectivas atividades lúdicas, o que dará a todas as crianças uma nova perspectiva de cidadania e de formação. Pois na era da informação os grandes excluídos, em todos os meios sociais, são os desinformados e as crianças, especialmente, portadoras do futuro, ainda durante a construção de seus repertórios, devem receber estas informações recodificadas para sua capacidade de entendimento. E isso, com os recursos adequados, é possível de se realizar em todos os lugares, a qualquer tempo.
Sustentabilidade

Plano de Sustentabilidade Financeira: Qual é o plano para garantir a sustentabilidade financeira do projeto?

Apesar de ainda não termos nenhum grande patrocinador, temos pequenos clientes, operamos com Capital de Giro, Orçamento de Caixa e trabalhamos com afinco para fidelizar o nosso Público-Alvo e consolidar a nossa Marca, sem precisar optar financiamentos ou uso de capital de terceiros.

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

O Recontando é inovador em nível mundial e não conhecemos, hoje, nenhum projeto ou instituição com a amplitude metodológica utilizada por nós. Nosso projeto visa importantes chancelas como a Premiação `Tecnologia é a ponte`e seguir no trabalho intenso de prospectar novos parceiros e novos clientes nos ambientes escolar/educacional.
Equipe

História de fundação

No natal de 2009, quando ia comprar um presente para seu filho de 4 anos, a fundadora, se deparou com um incêndio no shopping qua havia interditado o estabelecimento. Pelo rádio a criança ouvia as notícias e, sem ter a total compreensão de tudo, fazia perguntas à mãe que, no dia seguinte, com o jornal da cidade nas mãos, recontou a notícia. Posteriormente, durante sua especialização em gestão do entretenimento foi refinando e aperfeiçoado o método que hoje é usado.

Equipe

Argumentação, roteiros, conceitos e textos são desenvolvidos pela fundadora. Os demais serviços prestados são feito de modo terceirizado (desenhistas, animadores, locutores, editores, diagramadores, etc.)
Sobre Você
Organização:
Recontando
Sobre Você
Nome

Simone

Sobrenome

Ronzani

Sobre o seu projeto
Nome da Organização

Recontando

Há quanto tempo sua organização está em operação?

Projeto
País da organização

, RJ, Niterói

Países onde este projeto vem gerando impacto social
Que prêmios o projeto já recebeu?
Funding: How is your project financial supported?

Amigos e família, Doações individuais, Fundações, Empresas, Governo local/regional, Clientes.

Suplementar
PRÊMIOS: Quais prêmios e honrarias esse projeto já recebeu?

Tema da Palestra de Inovação em Educação no TEDXUnisinos 2014; Tema de Comunicação Científica aprovada e apresentada no Seminário “O professor e a leitura do jornal”, realizado na Unicamp (2013); Tema da Comunicação Científica sobre ´O jornal, as crianças e o processo de formação da cidadania´, publicada na Revista Linha Mestra, da Associação de Leitura do Brasil (ALB), em 2013; Tema de Mesa Redonda na Semana Acadêmica de Jornalismo da UFRRJ (2013); Tema de Projeto Final de Especialização em Gestão em Entretenimento/ESPM-RJ (2012).

IDADE DOS PARTICIPANTES (público-alvo).

6 – 12 anos.

Qual o seu papel na educação?

Outro

Especifique:

Fundadora e roteirista

Por favor, especifique qual das opções abaixo melhor se aplica:

Outro

Tipo de escola à qual a sua solução está associada:

Outro

Quais problemas de acesso à educação você está resolvendo em seu projeto?

Acesso à educação de populações de baixa renda, Suporte a pais e educadores, Ampliação do acesso à informação.

Especifique:
Quais tecnologias da informação e da comunicação você está usando para diminuir as distâncias na educação?

Vídeo online, Vídeo offline, Áudio online, Áudio offline.

Especifique:
Quais grupos ou pessoas você está abordando em seu projeto?

Alunos, Educadores, Comunidade.

Especifique:
Explique em detalhes de que maneira você está utilizando as Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs) para melhorar o acesso à educação de jovens entre 6 e 20 anos.

Recontando é uma empresa niteroiense, pioneira e inédita - no Brasil e no mundo - na proposta de recontar notícias do dia-a-dia para crianças. Desde 2013 no ar, nossa plataforma digital, o site www.recontando.com , através de uma linguagem própria, contextualizada e animada, democratizou conteúdos de diversas editorias (Política; Economia; Meio Ambiente; Polícia: Esporte; Saúde; Ciência e Tecnologia; Cultura e Arte; Mundo) ao seu público-alvo (em português, inglês e francês), além de se referenciar junto aos seus respectivos pais, responsáveis e educadores em geral. Além disso, hoje, nosso Portal, nossa principal interface, nosso ponto de partida, com um total aproximado de 18 mil acessos/mês, comunica, comunidades brasileiras e países lusófonos, e crianças do país!

Descreva uma situação ou história específica em que seu projeto foi utilizado ou aplicado e isso possibilitou que jovens em idade escolar, antes sem acesso, pudessem ter uma educação de qualidade, de forma que isso os permita a ser agentes de transformação. Caso seu projeto não tenha sido aplicado ainda, pense em uma situação em que isso poderia acontecer e descreva o potencial de transformação que você prevê.

As crianças do projeto social da favela da Grota, em Niterói, produziram, elas mesmas, sob o método Recontando (animações e brincadeiras), um jornal especial que foi encartado n'O Globo sobre o processo democrático/eleitoral. Para produzir o material, diversos conteúdos ditos "adultos" foram tratados com elas e durante a feitura do jornal elas puderam apreender novos conceitos que, posteriormente, foram compartilhados com toda a comunidade infantil da cidade por meio do encarte em veículo de grande circulação, o jornal O Globo. O jornal também foi distribuído às crianças e suas famílias, nas suas respectivas escolas e para a Comunidade. Nesse ano, daremos sequência à experiência e trataremos dos Jogos Olímpicos.

Quais são suas principais necessidades para aumentar o impacto do seu projeto, neste momento?

Com um aporte maior de capital, terei condições de produzir mais animações e, desta feita, mais recontações chegarão às crianças. Quanto mais informação, mais formação; quanto mais recontação, mais cidadania!

OFERTAS Quais são os recursos ou conhecimentos que você possui neste momento e poderia compartilhar/ensinar para outros participantes do desafio?

Comentários

foto de Emanuelly Oliveira

Olá Simone,

O projeto é mesmo inovador. Acredito no poder da comunicação e da capacidade das crianças de entenderem e estarem no processo comunicativo. Porém, não entendi como as crianças fazem isso, a solução seria um filtro para as notícias, mas como acontece isso? Outra questão é a sustentabilidade, não ficou clara através da leitura. Entretanto, essas sugestões só visam a complementar ainda mais a beleza do projeto. Parabéns!

foto de Cristina Moutella

Realmente, nesse mundo globalizado, com inúmeros sites com infinitos conteúdos espalhados pela web, o que ler, onde encontrar e no que confiar? Ter uma referência adequada e atrativa ao público alvo foi uma ótima ideia. “Pois na era da informação os grandes excluídos, em todos os meios sociais, são os desinformados...” disse tudo. A educação baseada na informação de qualidade, disponível a qualquer hora, de qualquer lugar do planeta, em três línguas, gera um impacto altamente positivo na formação dos futuros administradores do mundo. A ideia é tão boa que poderia ser expandida para os analfabetos funcionais. É... Não são só as crianças que tem dificuldade de entender as notícias, não... Infelizmente muitos adolescentes e adultos também.
Fantástica a reportagem http://redeglobo.globo.com/como-sera/noticia/2014/08/site-criado-por-jor....
O site é uma graça, colorido, interativo, muito atrativo! Só achei que os vídeos nas outras línguas estão meio escondidos... Como alguém que fala outra língua vai encontrar os vídeos e navegar pelo site?
Gostaria apenas de ter visto o planejamento com mais detalhes.

foto de Simone Ronzani

Olá, Cristina!Muito obrigada pelo seu feedback! Realmente, a tradução do site como um todo ficou ainda por acontecer. Por ora, com um total aproximado de 18 mil acessos/mês, comunicamos, sem percalços, comunidades brasileiras e países lusófonos, além de todos os cantos do nosso multicultural país! Em princípio, quisemos beneficiar, verdadeiramente, as nossas crianças, as brasileiras, mas com a envergadura que ganhamos, já pensamos em dar uma boa pensada nessa tradução global! E podemos fazê-la para todos os idiomas que pensarmos! O céu é o limite!Fico feliz que tenha podido conferir a matéria do Como Será? Uma curiosidade: Recebemos muitos emails (muitos mesmo! :) ) , durante a semana da exibição e nas seguintes, porque eles replicaram para toda a grade da Globo Internacional. Um deles era de um rapaz que mora no Japão há 24 anos. Na mensagem, ele contava que tem vários amigos também com crianças em casa e que não entendem as notícias,"que muitos adultos também não entendem" e que todos iam adorar a boa nova!Além da aba "Vídeos", logo abaixo, estão as três bandeirinhas: dá também para chegar nos vídeos traduzidos através dos símbolos visuais!A nossa ideia é direcionar a premiação do Tecnologia é a Ponte para a atualização do nosso Portal, ao longo de 2015, que, hoje, bate os aproximados 18 mil acessos/mês, ainda sem nenhum patrocínio! UFA! Forte abraço e, mais uma vez, muito obrigada!

randomness