Fundos Rotativos Solidários

Fundos Rotativos Solidários

Teixeira, Cacimbas, Maturéia e Princesa Isabel, BrasilTeixeira, Brasil
Tipo de organização: 
Sem fins lucrativos / ONG/ Setor Civil
Estágio do Projeto:
Estabelecido
Orçamento: 
$100,000 - $250,000
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

Empoderamento social e fortalecimento político organizativo das famílias e comunidades, resgatando práticas de solidariedade.

SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

O resgate de práticas de solidariedade já vivenciadas no passado, consideradas de grande relevância no processo de desenvolvimento local, mas, aos poucos foram se perdendo devido, entre outros fatores, aos programas assistências das políticas públicas governamentais. Portanto a dinâmica oferece alternativa ao modelo tradicional de promoção do desenvolvimento local, através do qual os beneficiários dos programas, historicamente, foram tratados como desprovidos de capacidade não só financeiras. O estado assume uma abordagem provedora dos bens e serviços necessários ao desenvolvimento humano. A inovação que vem sendo trabalhada assume um caráter de promoção dos participantes como sujeitos sociais capazes de mudar sua realidade e incidir na realidade dos outros.

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

Os Fundos Rotativos Solidários, como ferramenta de suporte para o desenvolvimento local. As famílias recebem apoio para a implementação de tecnologias de convivências com a realidade semiárida, de acordo com a necessidade e adequação de suas propriedades e se comprometem a devolver esse apoio para um Fundo Rotativo Solidário, na própria comunidade, objetivando constituir uma oupança de suporte para o desenvolvimento do grupo depositário.Portanto, o Fundo Rotativo Solidário é uma poupança coletiva, formada a partir de apoios externos ou da contribuição das famílias que desejam se organizarem na comunidade ou grupo.É uma inovação no formato organizativo, onde se expressa valores de co-responsabilidade com o desenvolvimento local.Essa dinâmica permite que cada um possa refletir e pensar, também, na realidade do outro. Promove as pessoas para encontrarem caminhos ao invés de prover saídas ou receitas pré-estabelecidas, sem a efetiva participação dos sujeitos da história em construção.
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

As pessoas são provocadas para descobrirem os potenciais que existem na natureza e, em si próprias, como agentes de transformação da realidade vivida. Dessa forma se apercebem como sujeitos de mudanças, melhorando suas condições de vida e incidindo na mudança da qualidade de vida de outras pessoas, em outras regiões do país e do mundo a partir do compartilhar de suas experiências e saberes. A dinâmica de Fundo Rotativo Solidário atende, hoje, na região, a 6.196 agricultores familiares de 39 comunidades, nos municípios de Teixeira, Maturéia, Desterro, Cacimbas e Princesa Isabel, na Paraíba. Nessa experiência as famílias que recebem apoio para o desenvolvimento de tecnologias sociais, sustentáveis, de convivência com a realidade semiárida, de acordo com a necessidade e adequação de suas propriedades, se comprometem a devolver o apoio recebido para um FRS objetivando o desenvolvimento comunitário. os FRS, são concebidos como dinâmica metodológica e organizativa, mas, também, como uma grande inovação que o trabalho vem promovendo e gerando novas perspectiva de desenvolvimento e empoderamento social. Eles despertam nos agricultores e agricultoras suas capacidades para promoverem o desenvolvimento de forma libertadora. Vejam depoimento de uma pessoa: “Na minha comunidade, o teto da casa de uma pessoa carente caiu num forte inverno. Ela tinha muitos filhos pequenos que ficaram ao relento; ai nós do grupo dos FRS nos reunimos e decidimos que deveríamos pegar dinheiro no FRS para ajudar essa pessoa a construir seu telhado”. Esse é um exemplo concreto de como se dá a solidariedade.
Sustentabilidade

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

Do ponto de vista dos pares, já existe uma rede de comunidades que vem desevnolvendo experiências com eficiência e eficácia. Os agricultores e agricultoras dessas comunidades já dão importantes testemunhos de que foi possível mudar a realidade onde viviam e, não só isso, mas, que a experiência despertou-os para a compreensão de que é possível incidir na mudança da qualidade de vida de outras pessoas a partir do compartilhar de suas experiências e do resgate da solidariedade a partir da dinâmica dos Fundos Rotativos Solidários. Como concorrentes, destaca-se os programas e projetos oriundos das políticas públicas governamentais que, infelizmente focam os resultados, nos aspectos númericos, embasados na metodologia do governo que assume uma postura provedora ao invés de promotora.
Equipe

História de fundação

A experiência nasceu a partir de outras experiências desenvolvidas por outras organizações na rede Articulação Semiárido da Paraíba. Atuando em rede se conheceu a experiência e avaliou-se como positiva. Então adotou-se a estratrégia de realização de intercâmbios para que as famílias da região de atuação do CEPFS pudessem conhecer a experiência e aderir a dinâmica organizativa. No início foi muito difícil de conquistar a confiança dos agricultores e agricultoras porque havia um descrédito muito grande a partir de intervenções de organismos governamentais que não haviam respeitado os conhecimentos tradicionais; não haviam apostado no encontro de saberes e conhecimentos transmitidos de geração a geração. Mas, a estratégia de promover o diálogo de saberes foi, sem dúvida, o caminho para gerar confiança e estabelecer novas relações com vistas a realização dos sonhos presentes na vida de muitos agricultores e agricultoras que estavam perdendo a esperança na possibilidade de dias melhores.
Sobre Você
Organização:
Centro de Educação Popular e Formação Social - CEPFS
Sobre Você
Nome

CEPFS

Sobrenome

Centro de Educação Popular e Formação Social

Sobre Sua Organização
Nome da Organização

Centro de Educação Popular e Formação Social - CEPFS

País da organização

, PB, Teixeira

Países onde este projeto vem gerando impacto social

, PB, Teixeira, Cacimbas, Maturéia e Princesa Isabel

Há quanto tempo sua organização está em operação?

Mais de 5 anos

A organização recebeu algum prêmio ou reconhecimento público? Por favor, conte-nos mais detalhes

O trabalho já obteve várias Conquistas: finalista do CONCURSO: EXPERIÊNCIAS EM INOVAÇÃO SOCIAL NA AMÉRICA LATINA E CARIBE, promovido pela CEPAL e FUNDAÇÃO W.K. KELLOGG, nos anos de 2005, em Santiago do Chile e 2009 na Guatemala. Em 2006, a Agência Nacional de Águas - ANA, através da I edição do PRÊMIO ANA, reconheceu a experiência atribuindo-lhe o primeiro lugar na categoria “Água para a Vida”. No ano de 2008 a experiência conquistou os seguintes prêmios: foi finalista no Prêmio Inovação em sustentabilidade (Instituto Ethos e a USAID), conquistou o primeiro lugar na categoria tecnologia ambiental do Prêmio FIEMA 2008, em Bento Gonçalves – Rio Grande do Sul, conquistou o primeiro lugar na categoria humanidade do Prêmio von Martius de sustentabilidade. No ano de 2009 a experiência conquistou os seguintes prêmios: primeiro lugar na categoria responsabilidade social do Prêmio Meio Ambiente da AEA – São Paulo e foi finalista do Prêmio tecnologia social da Fundação Banco do Brasil. Em 2010 conquistou os seguintes prêmios: primeiro lugar, na categoria socioambiental do prêmio Fiema; ODM Brasil, Rosani Cunha de Desenvolvimento Social, Planeta casa, na categoria Ação Social, Odair Firmino de Solidariedade e Anu de Ouro promovido pela CUFA. Em 2011 conquistou menção honrosa do Prêmio AEA de meio Ambiente, na categoria Trabalhos Acadêmicos; foi vencedor do prêmio Paraíba abraça ODM, na categoria ONG; foi finalista do Prêmio Internacional World Technology Award na categoria Environment (corporate). José Dias Campos foi um dos 06 finalista do Prêmio Empreendedor Social da Folha de São Paulo. Foi finalista e vencedor do Prêmio Tecnologia Social da Fundação Banco do Brasil, na categoria Nordeste, com o projeto Bancos de Sementes Comunitários. Ainda no ano de 2011 foi finalista e obteve o terceiro lugar na categoria tecnologias social do Prêmio FINEP de Inovação. Por fim, ainda em 2011 foi vencedor do Prêmio Ford de Conservação Ambiental na categoria Negócios em Conservação e do Projeto Generosidade da Editora Globo, tendo, nesse último conquistado o segundo lugar.

As informações que você fornecer aqui serão usadas para preencher todas as partes do seu perfil deixadas em branco, como interesses, informação da organização e website. Nenhuma informação do contato será tornada pública. Por favor, desmarque aqui se você não deseja que isso aconteça..

INOVAÇÃO
Há quanto tempo está em funcionamento?

Em execução por mais de 5 anos

Qual(is) item(ns) abaixo descreve(m) melhor a(s) barreira(s) que sua inovação soluciona? Escolha até dois itens.

Acesso, Equidade.

IMPACTO SOCIAL
Descreva a meta da sua iniciativa; fale sobre o que você está tentando alcançar.

Hoje a entidade acompanha diretamente 34 comunidades que desenvolver a dinâmica de fundos rotativos solidários. Pretende-se ampliar para mais 17 comunidades, atigindo um público novo de 510 famílias. Essa estratégia permitirá atender sonhos de famílias que tem dificuldade de acesso a recursos e oportunidades de mudar a realidade onde vivem. O compartilhar das experiências, do saber e das ideias para soluções individuais assumirá uma nova dimensão de caráter coletivo, imbuído de novos elementos de valorização, elevação da estima e, sobretudo, da percepção de que a solução para os problemas se encontra lá mesmo na comunidade, fruto da soma de esforços e ideias das pessoas que ali moram. “A força motriz para o desenvolvimento local não está em uma pessoa, em um líder, mas, na comunidade”.

Quais são os obstáculos da inclusão financeira que sua solução procura resolver? (Selecione todos que fizerem sentido)

A escassez de produtos financeiros acessíveis adaptados às necessidades de comunidades desfavorecidas e excluídas, Outros (especifique abaixo).

Se você selecionou 'outro' acima, especificar quais outros obstáculos da inclusão financeira que sua solução procura resolver:

Resgate de laços de solidariedade entre as pessoas

Para quais comunidades desfavorecidas ou excluídas sua solução vai oferecer acesso a serviços financeiros de forma segura, abrangente e adaptada às necessidades daquelas comunidades? Qual é a sua expectativa de impacto para os próximos 1 - 3 anos?

A expectativa é de que as 34 experiências já acompanhadas estejam fortalecidas e mais 17 experiências da inovação tenham sido implantadas, beneficiando um total de aproximadamente 510 famílias. Do ponto de vista da promoção dos saberes locais, através dos processos de formação estima-se impactar em novos comportamentos dos participantes, atingindo, também, um total de 510 integrantes de famílias participantes. Os processos promovidos pelas oficinas de formação e a troca de experiências nos intercâmbios, sem dúvida, serão fundamentais para mudanças de comportamentos, sobretudo, do caráter individual para a apropriação da ação coletiva como caminho para o desenvolvimento local. Por fim espera-se aliar processos de formação, mobilização social e investimento (organização e articulação comunitária) com a produção e difusão de soluções inovadoras, a partir dos sonhos dos participantes, principalmente, nas áreas de manejo hídrico e agroecologia.

A sua solução funcionaria em outras regiões? Se sim, onde?

A invoação tem potencial para adequação em qualquer localidade a depender da metodologia desenvolvida. Portanto, deverá contemplar, entre outros fatores: provocar nos participantes, principais atores dos processos decisórios comunitário, um comportamento pró-ativo, visando aumentar a representatividade nas políticas públicas e programas de investimento através do desenvolvimento de capacidades políticas e da formação de lideranças nas comunidades rurais, conciliando ações formativas com ações estruturadoras das propriedades da agricultura familiar. Isso significa produzir e difundir tecnologias sociais e estratégias viáveis e efetivas para convivência com a realidade local criando oportunidades e gerando soluções para os desafios próprios da região para que as populações locais possam se desenvolver sem precisar migrar para outros territórios. O negócio social não envolve apenas o retorno financeiro. Haverá uma valorização, acima de tudo, humana. O foco principal é o ser humano.

Se a sua solução for muito bem sucedida, o que será diferente em 10 anos?

Em primeiro lugar haverá muitas experiências de Fundos Rotativos Solidários consolidadas, com integrantes de famílias de agricultores e agricultors familiares com a estima elevada, com independência para construir e realizar seus sonhos a partir da gestão financeira de recursos nas próprias comunidades. Um Novo paradigma de desenvolvimento com incidência no protagonismo dos agricultores e agricultoras experimentadores(as), a partir do encontro de saberes locais, como ferramenta para inovação das tecnologias sociais estára em evidência. A importância da metodologia de promoção do saber local como instrumento para atingir a apropriação das experiências por parte dos participantes terá sua comprovação evidenciada. As famílias participantes terão instrumentos de gestão de recursos financeiros e técnicos nas próprias comunidades, desenvolvendo eficazmente seus sonhos e assumindo um comportamento pro-ativo no desenvolvimento local, a partir do compartilhar de experiências e recursos.

O que tiveram que mudar para fazer isso acontecer?

Em primeiro lugar a abordagem metodologica; a maneira como abordar os participantes. Foi necessário ganhar a confiança das pessoas, provocá-las para a comprrenção de que as saídas para os problemas individuais está nas iniciativas coletivas. Os participantes ganharam confiança na medida em que foram provocados a se valorizarem como sujetos sociais. Isso foi possível a partir da promoção do encontro de saberes locais com caminho inspirador para construção de tecnologias sociais adequadas com os potenciais e limites naturais de cada localidade; cada comunidade, cada propriedade, etc., de modo a permitir a adaptação às mudanças climáticas e convivência com a realidade semiárida. Evidentemente foi uma estratégia que adotou considerações relevantes em relação à aculturação como componente importantíssimo no processo de diálogo com vistas ao despertar das pessoas (integrantes das famílias e lideranças comunitárias) como sujeitas sociais capazes de mudar a realidade onde estão inseridos.

Qual foi o impacto da sua solução até hoje?

34 comunidades, com 837 famílias, todas trabalhando com a dinâmica de Fundo Rotativo Solidário. O CEPFS possui um portfólio com diversas soluções desenvolvidas, que foram difundidas e aperfeiçoadas nas comunidades dos territórios em que trabalha e que podem integrar estratégias de maior prazo para o desenvolvimento local em outros territórios, não apenas na Paraíba, mas em todo o semiárido nordestino, em outras partes do Brasil e do Mundo, frutos do processo de interação entre o saber local e o saber técnico, inclusive na gestão de recursos financeiros. No período de 2003 a 2011 34 experiências de Fundos Rotativos Solidários existentes nas comunidades rurais de Teixeira e Cacimbas movimentaram um valor de R$ 383.365,11, beneficiando 843 famílias, através do apoio a 91 tipos de necessidades. dentre estres 91 tipos de necessidades foram construídas 209 cisternas com apoio direto dos Fundos Rotativos Solidários permitindo o armazenamento de 3.344.000 litros de água potável.

Qual é a sua expectativa de impacto para os próximos 5 anos?

Atingir 51 comunidades, com a implantação da inovação dos Fundos Rotativos solidários, beneficiando um total de 1.530 famílias e aproximadamente 6.120 pessoas. As experiências implantadas interagindo com as políticas públicas como referencial de desenvolvimento local. As 50 comunidades com experiências de Fundos Rotativos Solidários consolidadas atingindo uma movimentação acumulada na ordem de 766.730,22. Os participantes com a estima elevada, interagindo com outras famílias na perspectiva de buscar a adesão espontânea para a experiência. Famílias participantes referenciando a dinâmica organizativa e financeira como uma popança coletiva que eleva o poder dos participantes e impulsiona o desenvolvimento comunitário, com princípios de sustentabilidade. Famílias compartilhado saberes.

Quais são as barreiras que podem impedir o sucesso do seu projeto? Como você planeja superá-las?

As principais barreiras são de ordem de comunicação para dar visibilidade a experiência e, de mobilização e capacitação das novas famílias para aderirem a inovação. Entretanto, é perceptível que a barreira maior é de ordem financeira, pois, as demais poderão ser supridas na medida em que se obter apoio para o desenvolvimento de iniciativas na área de comunicação, mobilização e formação para o desenvolvimento das inovações, em escala. Para tanto será planejada um portfólio com as experiências já consolidadas visando o desenvolvimento de um processo de marketing, junto à sociedade civil, governo e empresariado no sentido de sensibilizar e atrair novos parceiros financeiros e técnicos que possam dar suporte suficiente para a superação das barreiras detectadas.

As inscrições vencedoras apresentam um plano sólido sobre como vão alcançar e acompanhar o crescimento do projeto. Identifique as metas de seis meses para aumentar seu impacto.
Identifique as três maiores atividades que você terá de completar para obter a meta estabelecida para os seis (6) meses
Atividade 1

Realização de 17 reuniões de mobilização social e cadastramento de 510 participantes

Atividade 2

Realização de 17 oficinas de formação sobre Fundos Rotativos Solidários com a participação de 510 pessoas

Atividade 3

Realizaçãode 05 itercâmbio de experiências com a participação de 100 pessoas

Agora pense grande! Identifique qual seria sua meta de impacto para 12 meses
Identifique as três maiores atividades que você terá de completar para obter a meta estabelecida para os doze (12) meses
Atividade 1

Apoio para construção de 30 cisternas com sistema de boia e bomba d'água trampolim para captação e manejo de água de chuva

Atividade 2

Apoio para estruturação de 10 quintais produtivos, beneficiando diretamente 10 famílias e um total de 50 pessoas

Atividade 3

Produção de um vídeo documentário, didático sobre a experiência de Fundos Rotativos Solidários para dá visibilidade.

SUSTENTABILIDADE
Por favor, explique de que forma o estabelecimento de parcerias é importante para o sucesso de sua inovação

As parceria são fundamentais, elas garantem a complementaridade dos processos. Toda iniciativa deve ser considerada processual e, dificilmente uma só organização, por mais completo que sejam os produtos ofertados, consegue cobrir todas as demandas sociais, havendo, sempre, a necessidade de complementaridade. Outro aspecto importante das parcerias está na otimização dos recursos financeiros e humanos com vistas ao atendimento das necessidades das famílias participantes.

Atualmente você planeja atender outros locais, mercados e populações específicas com sua inovação? Se sim, onde e por quê?

Pretende-se fortalecer as 33 comunidades que já tem Fundo Rotativo Solidário, através de atividades de formação, mas, também, ampliar os processos, estimulando novos fundos ou o fortalecimento de iniciativas que já existam em mais 17 comunidades. Nessas 17 comunidades que serão trabalhadas a inovação, além de processos de formação serão estimuladas iniciativas de investimento que possam se constituir o embrião da experiência ou fortalecer algo que já exista, mas, está em situação incipiente. Essas iniciativas serão trabalhadas nos municípios de Maturéia, Imaculada e São José do Bonfim.

Que tipo de ambiente operacional e fatores da organização interna ajudarão o projeto a ser bem sucedido?

A entidade conta com um importante acúmulo de experiência decorrente da longa trajetória de ação. Além disso conta com infra-estrutura (um escritório equipado, veículos 01 parati, 01 S-10, 01 moto, etc.). Também conta com parcerias com centrais de associações, nos municípios de Teixeira, Cacimbas e Imaculada, no estado da Paraíba, parcerias essas consideradas como meios importantes para o processo de mobilização social para a ampliação da inovação.

Fale mais sobre as necessidades ou ofertas que você selecionou anteriormente e/ou sugira categorias de apoio que não foram listadas

Um outro recurso importante são os intercâmbios de experiências. A dinâmica de promoção do encontro de saberes locais tem como foco promover inovações a partir da interação dos saberes locais com o saber técnico. Esse é um componente que a entidade proponente tem trabalhado e está apta tanto para recepcionar como para colaborar com outros processos que tenham interesse essa metodologia.

randomness