Projeto Cozinha Verde: transformando orgânicos e gerando renda

Congratulations! This Entry has been selected as a winner.

Projeto Cozinha Verde: transformando orgânicos e gerando renda

João Pessoa, BrasilJoão Pessoa, Brasil
Ano em que foi fundado:
1
Tipo de organização: 
Sem fins lucrativos / ONG/ Setor Civil
Estágio do Projeto:
Crescimento
Orçamento: 
$10,000 - $50,000
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

O Projeto Cozinha Verde é um espaço urbano de produção coletiva que compra alimentos orgânicos da agricultura familiar, transforma em salgados enriquecidos e gera renda complementar para mulheres de bairro urbano de periferia e agricultores rurais agroecológicos.

SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

O Projeto Cozinha Verde é fruto do resultado de uma pesquisa participativa realizada pela Associação Coletivo Popular de Saúde e Cultura de Mandacaru com os(as) moradores(as) do bairro de periferia chamado Mandacaru em João Pessoa na Paraiba. O IDH do bairro de Mandacaru é de 0,502, tem 29.150 habitantes e 52% da população é constituída por mulheres. Os resultados desta pesquisa mostraram que os maiores problemas sociais deste bairro são: a falta de atividade econômica para as mulheres, a precária alimentação das pessoas, a violência e o envolvimento dos jovens com as drogas. O estado da Paraíba é, segundo o Ministério da Agricultura, o maior produtor de alimentos orgânicos da região nordeste, entretanto estes alimentos não são comercializados em bairros de periferia como o de Mandacaru.

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

O Projeto Cozinha Verde busca ser um modelo de cozinha coletiva e sustentável que atua simultaneamente em prol do desenvolvimento de três eixos sociais: alimentação segura e nutritiva para todos(as), emancipação econômica de mulheres em situação de vulnerabilidade sócio-econômica e agroecologia de base familiar. Baseando-se nas informações levantadas na pesquisa realizada no bairro de periferia Mandacaru e objetivando oferecer um lanche popular mais nutritivo, o projeto Cozinha Verde criou a linha de salgados enriquecidos para lanche e festa. As massas destes salgados são enriquecidas com farelos de sementes e os recheios com um caldo verde preparado com talos, folhas e raízes de hortaliças e verduras orgânicas. A Cozinha Verde adota os princípios do reaproveitamento integral dos alimentos e da alimentação enriquecida da Dra. Clara Takaki Brandão. Em síntese, a fórmula da Cozinha Verde é: agroecologia+mulheres cozinheiras+salgados enriquecidos = saúde e geração de renda coletiva.
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

O ciclo do Projeto Cozinha Verde começa no agricultor agroecológico que vende alimentos orgânicos, em seguida passa pelas mãos de mulheres urbanas que tranformam estes alimentos em salgados enriquecidos e encerra-se no consumidor(a) final que pode comprar um salgado saboroso, seguro e enriquecido. "A parceria entre a Associação de Agricultores Agroecológicos da Várzea Paraibana(Ecovárzea) e o Projeto Cozinha Verde está dando certo, pois é compra certa pra gente e em quantidade grande."Zefinha, tesoureira da Ecovárzea. "A Cozinha Verde valoriza muito nosso produto e a feira agroecológica. Visto a camisa do Projeto Cozinha Verde com um orgulho danado." Marcos, agricultor agroecológico da Ecovárzea. "Eu pensava que ia ser só um cursinho como outros que fiz por aí e não deu em nada. Mulher, foi bom porque tinha um sonho da gente que tava apagado, morto, aí reviveu e voltou a esperança de ter um futuro melhor e independência financeira, pra gente se sentir viva." Irani, 41 anos, cozinheira no Projeto Cozinha Verde. "Com o dinheiro que recebo da venda dos salgados da nossa Cozinha Verde, já comprei roupa pra mim, calçado e investi no meu óculos que tava precisando, só o óculos foi R$ 285,00 e R$ 50,00 da consulta, tá tudo pago. Comprei também minha máquina fotográfica e outras coisas." Conceição, 50 anos, cozinheira no Projeto Cozinha Verde. "Meu filho não comia nenhum salgado de rua mas quando comprei o de vcs, ele adorou e se sente bem comendo."Maria, cliente. "Comi os salgados de vcs na festa de minha filha, são gostosos e não me senti empachada." Patricia, cliente.

Impacto: Qual tem sido o impacto do seu trabalho até hoje? Descreva também o impacto esperado para o futuro do projeto.

Em 18 meses de existência do Projeto Cozinha Verde os seguintes resultados foram alcançados: mais de 52 mil salgados enriquecidos foram comercializados a preços justos e acessíveis a diversos públicos; foram realizados 30 eventos de disseminação da alimentação enriquecida e orgânica em: escolas públicas e privadas, postos de sáude da família, universidades e igrejas; mais de 500 pessoas degustaram os salgados enriquecidos nestes eventos; 100% das hortaliças e legumes utilizados na preparação dos salgados da Cozinha Verde são orgânicos e comprados na Feira agroecológica da Associação Ecovárzea; 100% de aproveitamento dos talos, cascas, raízes e folhas das hortaliças e legumes orgânicos nas receitas da Cozinha Verde; aumento médio de 81% da renda individual/mensal das 10 cozinheiras do Projeto. No segundo semenstre de 2013 com a parceria da BrazilFoundation será criada a linha de doces e bolos enriquecidos, com a expectativa de aumento de 30% nas vendas dos produtos.
Sustentabilidade

Plano de Sustentabilidade Financeira: Qual é o plano para garantir a sustentabilidade financeira do projeto?

O Projeto Cozinha Verde durante seu primeiro ano de implementação contou com recursos dos parceiros: Fundação Banco do Brasil, CESE e Grupo de mulheres de Immenrold na Alemanha. Nos primeiros seis meses de 2013, a Cozinha Verde cobriu suas despesas utilizando o fundo solidário e a receita oriunda das vendas dos salgados. Agora no segundo semestre de 2013, foi iniciada a expansão da linha de produtos com a parceria da BrazilFoundation.

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

A Paraíba é o estado nordestino com a maior produção de alimentos orgânicos, entretanto, em João Pessoa, existem apenas três restaurantes que comercializam refeições saudáveis e com verduras orgânicas in natura e nenhum deles vende lanches nutritivos ou salgados enriquecidos. No mercado de salgados para festa em João Pessoa, destaca-se uma minifábrica que produz salgados fabricados por máquinas, repletos de gordura saturada e na contramão da alimentação nutritiva. Os salgados da Cozinha Verde diferenciam-se no mercado por ser um lanche enriquecido, mas com sabor e preço similar aos tradicionais do mercado e isto só é possível devido ao reaproveitamento integral dos alimentos orgânicos e a técnica de padronização dos produtos, o que mantém os custos reduzidos e torna o negócio economicamente viável
Equipe

História de fundação

Falar do Projeto Cozinha Verde é também voltar no tempo e contar a história de duas empreendedoras sociais que uniram seus caminhos numa ONG em Recife e no trabalho com grupos em bairros de periferia. São elas, as pernambucanas, Danielle e Liliane, que depois de experiências na área social em Recife, resolveram expandir seu trabalho para outro estado nordestino e migraram para João Pessoa na Paraiba. Em solo paraibano, iniciaram uma longa jornada que começou com artesanato feminino no Projeto Tricotando e Gerando Renda, seguindo para o Projeto Reconhecendo a minha comunidade: uma pesquisa comunitária no bairro de Mandacaru, onde a semente da Cozinha verde iria iniciar seu processo de germinação. Com os pés na realidade da pesquisa comunitária e o olhar na observação cotidiana dos hábitos alimentares dos(as) moradores(as) de Mandacaru, um incômodo surgiu ao ver o consumo diário de salgadinhos industrializados pelos(as) jovens e assim brotou a idéia da Cozinha Verde.
Sobre Você
Organização:
Associação Coletivo Popular de Saúde e Cultura de Mandacaru
Sobre Você
Nome

Liliane

Sobrenome

Fell

Sobre Sua Organização
Nome da Organização

Associação Coletivo Popular de Saúde e Cultura de Mandacaru

País da organização

, PB, João Pessoa

Países onde este projeto vem gerando impacto social

, PB, João Pessoa

A organização recebeu algum prêmio ou reconhecimento público? Por favor, conte-nos mais detalhes

Prêmio não. A Associação Coletivo Popular de Saúde e Cultura de Mandacaru foi reconhecida como de Utilidade Pública Municipal em 08/09/11.

Nutrientes para Todos
Onde você garante a disponibilidade de nutrientes?

Agricultura rica em nutrientes, Alimentos completos em nutrientes.

Se você tivesse uma capacidade maior, quais funções adicionais você gostaria que sua solução abordasse – por meio de expansão, parcerias, ou intercâmbio de ideias?

Agricultura rica em nutrientes.

Como, especificamente, esta capacidade adicional ajudaria a melhorar a qualidade, eficiência, ou sustentabilidade do seu produto ou serviço?

A expansão da Cozinha Verde está diretamente relacionada com a oferta de alimentos orgânicos da agricultura familiar. Hoje, a variedade e quantidade de hortaliças, frutas e verduras orgânicas são insuficientes, sendo primordial aperfeiçoar o processo produtivo dos agricultores agroecológicos que são fornecedores da Cozinha Verde.

Comentários

foto de Pauline Petit

Idéia otima para aproveitar dos frutos e verduras da terra brasileira. Continuem!

foto de Liliane Fell

Olá pessoal, é com muito orgulho que inscrevemos o Projeto Cozinha Verde: transformando orgânicos e gerando renda no changemakers da Ashoka. Que esta seja uma oportunidade de disseminarmos nossa idéia aos quatro cantos do mundo!!! Queremos muito conhecer a opinião de vcs sobre nosso projeto.

gostaria do numero de contato da cozinha para encomendas, adorei o projeto!

foto de Liliane Fell

Gente, nós mulheres que fazemos a Cozinha Verde estamos orgulhosas por sermos semifinalistas do Desafio Changemakers Ashoka!