MeuSoft: O Aplicativo do Pequeno Prestador de Serviços

Congratulations! This Entry has been selected as a winner.

MeuSoft: O Aplicativo do Pequeno Prestador de Serviços

Salvador, BrazilNordeste Brasileiro, Brazil
Tipo de organização: 
Com fins lucrativos
Estágio do Projeto:
Crescimento
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

O MeuSoft visa produção e distribuição de aplicativos de informática para uso por prestadores de serviços das classes C e D, promovendo a inclusão digital dos peqenos negócios da base da pirâmide social. Os criadores dos aplicativos são jovens da mesma realidade social, cooperativados em rede profissional, para geração de renda via produção de softwares que falam a mesma língua do público alvo.

SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

Os pequenos prestadores de serviços, tais como feirantes, instaladores de cortinas, lavadores de automóveis, confeiteiros e diaristas, foram bastante beneficiados com a popularização dos telefones celulares. Agora eles demandam que os aparelhinhos os ajudem organizar o dia a dia, a operacionalização dos serviços que prestam. Atendemos a essa demanda. Esses microempreendedores precisam organizar a sua lista de clientes, agendamentos, prazos de entrega, podem se beneficiar de mais controle sobre vendas “fiado” (a crédito), etc. A princípio, a informática pode contribuir tanto quanto contribui para empresas maiores. No entanto, esses pequenos prestadores de serviços são desconsiderados pelos fornecedores convencionais da informática.

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

A solução MeuSoft, inova na tecnologia de produção de aplicativos, na tecnologia de colaboração, em rede, e no modelo de negócio, que divide os royalties decorrentes da venda dos aplicativos, com os participantes de projetos sociais. Uma vez produzido, para determinado cliente específico, cada aplicativo passa por um processo de homologação e generalização, para atendimento a demandas semelhantes e ganho de escala do público alvo. Os aplicativos são hospedados na nuvem (Cloud Computing) e vendidos, a preço de lanche, em larga escala. A plataforma MeuSoft, gera aplicativos em diversos ambientes. Inicialmente Windows 7, mas já com verba garantida para geração também para smartphones, nas três plataformas líderes: Windows 8, iOS e Android. Mas é o aspecto colaborativo que é mais inovador. A MeuSoft permite a reutilização de uma variada gama de artefatos produzidos pelos participantes. Desse modo, uma nova aplicação conta com um vasto acervo de recursos, como ponto de partida.
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

São quatro atores: o participante de projetos sociais, os futuros usuários dos aplicativos, as instituições promotoras e a Dossier Digital. Os participantes são capacitados a produzir aplicativos que vão gerar renda. Os mais aptos podem conseguir obter um salário mínimo de renda, contínua e crescente, a partir do terceiro ano. Essa é uma grande perspectiva para um jovem de periferia, aos 19 anos (idade média dos participantes). O participante faz parte da rede desde o primeiro dia de aula e acompanha o desempenho, em vendas, através de extratos mensais. Ele pode permanecer na rede o tempo que desejar. Os pequenos prestadores de serviço, usuários alvo do MeuSoft, vão atribuir mais utilidade aos seus smartphones (cada vez mais acessíveis) e poder ampliar seus negócios, em função de mais controle e organização. Como exemplo, temos o FinanX, um aplicativo financeiro que fala a linguagem do pequeno prestador de serviços e vai direto ao ponto. Controla o pagamento e recebimento de contas, mantendo o fluxo de caixa atualizado. O FinanX acaba de ser homologado pelo SEBRAE-BA, e será distribuído para todo o público atendido pelo SEBRAE. As instituições parceiras se beneficiam pela promoção das comunidades e, para efeito de medição dos resultados, do acompanhamento do desempenho dos participantes. Cada participante de um projeto social passa a fazer parte de uma rede, onde estará sendo desafiado a produzir, e ranqueado com relação aos colegas. O ranking fica publicado no site MeuSoft. A Dossier Digital, se beneficia da rede colaborativa que promove.
Sustentabilidade

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

Produzimos aplicativos profissionais para notebooks e smartphones, um mercado que conta com diversos concorrentes. Nosso maior diferencial é o preço. Uma assinatura equivale a um lanche por mes na McDonald. O preço que conseguimos oferecer é fruto da tecnologia (nuvem, funcionamento desconectado, alto nível de reutilização de componentes), do direcionamento (para aplicações simples) e do menor custo de produção, em função da mão de obra que utilizamos. A rede que formamos em projetos sociais é, ao mesmo tempo, uma contribuição social e parte da nossa estratégia de alcançar capilaridade e variedade de soluções, tudo a custo muito competitivo. O resultado das buscas realizadas para a identificação dos concorrentes a esta proposta é muito favorável: nenhum concorrente direto.
Equipe

História de fundação

Em 2008, um cliente privado, da área de Gestão de SMS (Segurança, Medicina e Saúde Ocupacional) nos contratou para construir uma plataforma que aumentasse a sua produtividade na geração de variantes de seu aplicativo. Entregamos a solução, mas notamos que ela poderia evoluir para uma plataforma que beneficiasse mais pessoas, devido à facilidade de se modelar aplicativos. Daí, propomos uma parceria com o cliente para desenvolvermos os recursos necessários para tornar a plataforma ainda mais acessível, facilitando seu uso a pessoas sem formação de informática. O cliente, que tem grande sensibilidade e responsabilidade social, entrou apoiando o negócio, participando como sócio capitalista. Depois da fase inicial de desenvolvimento da tecnologia, conquistamos verbas de incentivo e o projeto começou a tomar a forma que tem hoje. Na raiz, havia a nossa aspiração em fazer algo para o público menos contemplado pela informática, e fugir das soluções convencionais.
Sobre Você
Organização:
Dossier Digital
Sobre Você
Nome

Sebastião

Sobrenome

Cartaxo

Sobre Sua Organização
Nome da Organização

Dossier Digital

País da organização

, BA, Salvador

Países onde este projeto vem gerando impacto social

, BA, Nordeste Brasileiro

Idade do inovador:

Mais de 34 anos

Gênero do inovador

Masculino

Há quanto tempo sua organização está em operação?

Mais de 5 anos

As informações que você fornecer aqui serão usadas para preencher todas as partes do seu perfil deixadas em branco, como interesses, informação da organização e website. Nenhuma informação do contato será tornada pública. Por favor, desmarque aqui se você não deseja que isso aconteça..

INOVAÇÃO
Há quanto tempo está em funcionamento?

Em execução entre 1 e 5 anos

IMPACTO SOCIAL
Quais tipos de soluções fazem parte do foco de sua iniciativa para apoiar novos empreendedores e pequenos negócios a crescerem e se desenvolverem em comunidades menos desenvolvidas? (selecione todas que se aplicam)

Acesso a cadeias de distribuição/logística, Acesso a tecnologia, Acesso a oportunidade econômica.

Qual foi o impacto da sua solução até hoje?

Estamos ainda em fase experimental, mas já colhemos alguns resultados. Tivemos o apoio de duas empresas (a Eletrobrás e o Grupo JCPM – maior rede de shoppings centers do nordeste) para as quais realizamos capacitação de cerca de 200 jovens em projetos piloto. Em ambos os casos estão previstas novas turmas.

A cada turma, a rede colaborativa do MeuSoft vai tomando forma, pois a capacitação habilita o participante a produzir softwares como membro da rede. Portanto, o trabalho profissional efetivo e a geração de renda acontecem após a formação. O participante permanece na rede enquanto ele próprio considerar que está sendo produtivo.

Bom exemplo é o caso do Idon Alves, participante da primeira turma, promovida pela AMACH (Pelourinho/Salvador), com patrocínio da Eletrobrás. O Idon está desenvolvendo um aplicativo para organizar a encomenda e entrega de quentinhas (almoços). Seu depoimento está anexado na seção de vídeos (mídia), através do link http://youtu.be/X6z30OPy5fA .

Qual é a sua expectativa de impacto para os próximos 1 - 3 anos?

Em três anos, a partir de parcerias com ONGs, OSCIPs e associações de moradores, estaremos capacitando e trazendo para a Rede MeuSoft, cerca de dez mil jovens. Esses jovens estarão aptos a produzir aplicativos e obter remuneração, por seu trabalho intelectual, em forma de royalties.

O potencial de mercado chega a 27 milhões de pequenos prestadores de serviços, que também serão beneficiados com a oferta de aplicativos 100% aderentes à suas realidades e a custo acessível.

Os aplicativos produzidos terão a chance de escalar o mercado e se espalhar em progressão viral, de modo a tornar os seus autores tão bem sucedidos quanto os famosos jogadores de futebol.

Esse impacto poderá ser exportado para outras regiões do mundo, seguindo nossa rota de expansão e internacionalização.

Quais são as barreiras que podem impedir o sucesso do seu projeto? Como você planeja superá-las?

A captação de financiamentos para a alavancagem do negócio é proibitiva em função dos juros altos, principalmente diante da falta de garantias reais, exigida pelos bancos, inclusive os governamentais.

Vamos superar essa barreira através da captação de parcerias que nos ajudem na forma de patrocínio, ou de aval para a captação de financiamentos. Outra possibilidade é a da ampliação da sociedade, com aceitação de novos sócios.

O projeto será lucrativo a partir do terceiro ano, em função da multiplicação das assinaturas, em progressão geométrica.

A percepção do momento é que o ponto crítico, que definiu a sobrevivência do empreendimento já foi superado. Agora é uma questão de velocidade de crescimento e escala.

As inscrições vencedoras apresentam um plano sólido sobre como vão alcançar e acompanhar o crescimento do projeto. Identifique as metas de seis meses para aumentar seu impacto.

Conquistar nossa primeira parceria em nível nacional.

Identifique as três maiores atividades que você terá de completar para obter a meta estabelecida para os seis (6) meses
Atividade 1

Aumentar nossa visibilidade, participando de eventos e ampliando nossa rede de relacionamentos

Atividade 2

Concluir os projetos que estão em curso, para desenvolvimento dos geradores de aplicativos para plataformas mobile.

Atividade 3

Melhorar os processos organizacionais de modo a suportar maior escala.

Agora pense grande! Identifique qual seria sua meta de impacto para 12 meses

Conquistar nossa primeira parceria em nível internacional, levando o MeuSoft para outros continentes.

Identifique as três maiores atividades que você terá de completar para obter a meta estabelecida para os doze (12) meses
Atividade 1

Aprofundar os contatos internacionais que estamos fazendo

Atividade 2

Desenvolver a tecnologia para a geração de aplicativos multilíngues

Atividade 3

Melhorar nossa organização de modo a atender demandas em escala global.

SUSTENTABILIDADE
Por favor, explique de que forma o estabelecimento de parcerias é importante para o sucesso de sua inovação

A Dossier Digital é um laboratório de tecnologia e depende 100% de parcerias para garantir o sucesso da disseminação desse projeto.

São dois tipos de parceiros, as instituições ligadas a comunidades e os patrocinadores de projetos.

As instituições são essenciais pois a seleção de talentos nas comunidades é estratégica para o negócio. Os patrocinadores viabilizam finaceiramente os projetos.

Outro tipo de associação seria com um parceiro de tecnologia. Produzimos aplicativos simples que podem ser integrados a sistemas corporativos, com grande potencial de sinergia.

Fale mais sobre as necessidades ou ofertas que você selecionou anteriormente e/ou sugira categorias de apoio que não foram listadas

A maior demanda da empresa é a de parcerias com grandes corporações.

A empresa tem um excelente produto, de grande valia no campo social, e com boas perspectivas de lucros, mas é pequena demais. A rigor, temos atuado apenas como um laboratório. Identificamos um nicho e desenvolvemos a tecnologia, mas nos falta fôlego para acelerar a disseminação.