um Projeto auto-sustentável de qualificação famílias em alto risco social que também oferece a chance da casa própria.

um Projeto auto-sustentável de qualificação famílias em alto risco social que também oferece a chance da casa própria.

Brasil
Tipo de organização: 
Sem fins lucrativos / ONG/ Setor Civil
Orçamento: 
$250,000 - $500,000
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

O trabalho é estruturado em 3 frentes distintas. A 1o é cultivar um permanente trabalho de acompanhamento junto às comunidades por nós atendidas, pois este alicerce precisa estar plenamente estável para a construção de projeto. Boa parte dos nossos assistidos sofreram grandes traumas em suas vidas, o q somado a uma condição social desprivilegiada, os expõe a uma condição de altíssimo risco social q é estabilizado com o trabalho de assistentes sociais, psicólogas e um ambiente acolhedor. A 2a frente foca na capacitação técnica q visa permitir q essas pessoas aprendam efetivamente um ofício. No 3o, há um trabalho de gestão p/ podermos manter a estabilidade da instituição através de um permanente contato com empresas, outras ONGs e órgãos públicos q possam contribuir p/ a perenidade do projet

SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

Inicialmente serão beneficiadas famílias de jovens mães em situação de vulnerabilidade, atendidas pela Lua Nova, porém, a estruturação do projeto é viável para QUALQUER comunidade jovem ou adulta em alto risco social. Nosso modelo é replicável, sustentável economicamente e sua logística de construção permite ser viável de ser executado na maior parte das regiões do Brasil, promovendo a qualificação profissional e recuperação econômica e social das pessoas assistidas pelo projeto por meio da construção das moradias

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

Nosso projeto mescla uma combinação única entre uma iniciativa já consolidada pela Empreiteira Escola/Lua Nova e o MORE. Pela Empreiteira Escola temos um histórico comprovado de sucesso em construção de moradias ultra-econômicas em Araçoiaba da Serra (SP) por uma comunidade de mães solteiras assistida pela Lua Nova. Já o MORE traz consigo uma nova perspectiva de construção e escalabidade ao projeto através de um novo modelo de negócios. Esse modelo é baseado na tecnologia steel-framing e foi patrocinado desde sua concepção em parceira com filial brasileira da multinacional francesa Saint Gobain. Mais do que doar algum capital financeiro para o projeto, a grande contribuição da Saint Gobain foi capital intelectual, ao investir conosco em todo o ciclo necessário à viabilização de moradias de baixíssimo custo, ótima qualidade e, não menos importante, escalabilidade. Neste horizonte, foi contemplada a contratação de diversos projetistas até que fosse viável chegar-se a um custo ótimo da habitação, treinamento para as pessoas assistidas que participarão do projeto, etc, permitindo já em sua concepção que o modelo possa até ser replicável em outras comunidades.
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

O Empreiteira Escola já possui consolidados 2 condomínios sociais em Araçoiaba da Serra, SP, onde residem aproximadamente 20 famílias, abrigando quase 100 pessoas. Assim, esses assistidos deixaram a condição de miséria absoluta, sem ter mesmo onde residir, e passara a ter um lar, estancando uma hemorragia social e, especialmente, revertendo um quadro preocupante para a 2ª geração / crianças filhas das mães-solteiras. O histórico altamente violento pelo qual foram expostas essas famílias é um grande agravante ao pleno desenvolvimento, fazendo com que mesmo depois de entregues os condomínios, a Lua Nova continue a assistir as famílias atendidas através de um acompanhamento sócio-emocional muito próximo. Além disso, há o desenvolvimento do grupo assistido pelo projeto por meio da ampliação do número de multiplicadores da tecnologia, do reconhecimento da qualidade do trabalho das empreiteiras, da articulação com outras tecnologias, da ampliação da capacidade de transmitir a metodologia e de analisar a possibilidade de replicação, o que garante a ampliação da perspectiva de continuidade do programa por meio da mobilização da comunidade local. Através deste projeto as jovens têm uma atividade de geração de renda e com o lucro obtido reinvestem na melhoria dos condomínios sociais.
Sobre Você
Organização:
Associação Lua Nova
Sobre Você
Nome

Raquel

Sobrenome

Barros

Sobre Sua Organização
Nome da Organização

Associação Lua Nova

Telefone da organização

55 15 32327567

Endereço da organização

Rua Cel Jose de Barros, 47 - Sorocaba

País da organização
Países onde este projeto vem gerando impacto social

, SP

Há quanto tempo sua organização está em operação?

Mais de 5 anos

As informações que você fornecer aqui serão usadas para preencher todas as partes do seu perfil deixadas em branco, como interesses, informação da organização e website. Nenhuma informação do contato será tornada pública. Por favor, desmarque aqui se você não deseja que isso aconteça..

INOVAÇÃO
Em que estágio está seu projeto?

Em execução por mais de 5 anos

Compartilhe a história do(a) fundador(a) e o que o(a) inspirou a iniciar este projeto

A Lua Nova começou em janeiro de 2000, na cidade de Araçoiaba da Serra, no interior paulista, por iniciativa da psicóloga brasileira Raquel Barros. Mas podemos dizer q a história começou em 1984, em Veneza (Itália) c/ o trabalho da Comunidade Villa Renata.
A Villa Renata atende jovens dependentes de drogas, funcionando como Centro de Pronto-Acolhimento, administrado pela Associação de Familiares c/ o apoio da Prefeitura de Veneza. O atendimento enfatiza a quebra do isolamento e propõe o enfrentamento da realidade na qual está inserida. Nesta proposta, a comunidade tem importância fundamental pois avalia continuamente o processo de mudança dos jovens. É proposto q enfrentem a vida cotidiana de modo responsável, assumam as dificuldades e convivam c/ as contradições, sem fugir ou submeter-se passivamente.
A experiência dos 1os anos da Villa Renata mostrou q mulheres c/ filhos apresentavam características significativamente diferentes de outras populações em situação de risco, tais como: dificuldade em saber colocar limites e garantir apoio e segurança ao filho, instabilidade de sentimentos e emoções por parte da mãe, muitas oscilações na afetividade, pouca estimulação entre mãe e filhos, cuidados básicos precários; foi então fundada, em 1996, c/ a participação de Raquel Barros, a Casa Aurora – 1 comunidade onde as mulheres permanecem com seus filhos durante o tratamento. Tb sediada em Veneza, a Casa Aurora já atendeu dezenas de mães usuárias de drogas e seus filhos, c/ 70% de sucesso. Essa conquista levou a instituição a expandir seu trabalho, com o apoio de outras associ

IMPACTO SOCIAL
Quantas pessoas foram impactadas por seu projeto?

101 - 1,000

Quantas pessoas poderão ser impactadas por seu projeto nos próximos três anos?

> 10.000

Quais são as barreiras que podem dificultar o sucesso de seu projeto e como pretende superá-las?

Estamos num momento de transição de tecnologias construtivas e há um grande desafio, tanto em termos culturais quanto em aspectos técnicos. P/ assegurar q essa migração seja efetiva, contamos c/ um amplo plano de treinamento, suportado especialmente por diversas oficinas oferecidas pelas empresas do grupo Saint Gobain, como Brasilit, Isover, Quartzolit e Placo. Assim, as assistidas pelo Empreiteira Escola serão capacitadas na montagem do processo de steel-framing. P/ garantir a qualidade das habitações, nosso modelo considera que p/ as 1as casas construídas os profissionais c/experiência nessa tecnologia é q liderarão o ciclo, contando c/ o acompanha/o dos envolvidos no proj social, q acompanharão as atividades. Isso, somado ao treinamento teórico, garantirá a renovação do ciclo.

Como seu projeto se expandirá ao longo dos próximos três anos?

Toda a lógica do proj foi estruturada c/ base em escalabilidade. Estudos mostram q o desafio do déficit de moradia nacional é capilarizado e regional. A premissa inicial foi criar 1 plataforma padronizável a pto de ser replicada em escala e tb flexível a pto de ser customizável conforme as especificidades da região. Conseguimos chegar numa equação viável q permite dividir o proj em pqnos módulos de dezenas ou milhares de casas. Por trás da execução há 1preocupação em mapear-se os processos p/ permitir q a curva de aprendizado da mão de obra seja o mais efetiva possível. Nossa concepção contou c/ inputs de construtores q nortearam 1 estrutura jurídica/financeira q permite a efetiva auto-sustentação de cd módulo. P/ 2011 o obj é consolidar o 1o condomínio em steel-frame e replicá-lo.

SUSTENTABILIDADE
Para cada item selecionado, por favor, detalhe o apoio financeiro e não-financeiro recebido.

Doacoes Individuais: R$ 30.000,00 de voluntario para compra de materiais de contrucao, doacao de equipamentos para o desenvolvimento de cursos, assessoria juridica, assessoria em plano de negocios. Fundacoes : apoio de US 50.000 para a finalizacao de casas, apoio em cimento, apoio na tecnologia e material especifico para contrucao, governo local: apoio em terreno para casa e estrutura para cursos. governo federal: apoio em R$ 400.000,00 para compra de maquinario, clientes : compra de tijolos , Embaixada : apoio no pagamento de cursos do SENAI

Como você planeja crescer ou diversificar sua base de apoio nos próximos três anos?

Temos uma estratégia clara de crescimento. O Empreiteira Escola já possui 2 condomínios sociais estabelecidos e ocupados e estamos agora viabilizando o terceiro condomínio, porém, num novo formato. Para que essa nova etapa fosse viável demoramos mais de 2 anos formatando uma plataforma que se mostrasse viável tanto em aspectos técnicos quanto em aspectos financeiros. Conseguimos algumas âncoras que apóiam o projeto, como, por exemplo, o apoio técnico da Saint Gobain do Brasil, que lidera o time de desenvolvimento da tecnologia proposta, o renomadíssimo escritório de arquitetura FGMF, e doação da Fundação Saint Gobain (Paris), em sua primeira investida no Brasil. Ao alinharmos esses participantes, conseguimos agregar know-how e credibilidade ao nosso projeto. Em 2011 finalizaremos a construção desse novo condomínio e já temos criada uma metodologia para monitorar os erros e acertos deste momento, permitindo acelerarmos nossa curva de aprendizagem para nossa futura expansão. Tão logo finalizemos a entrega deste novo condomínio, com as novas premissas e nova tecnologia, iremos iniciar um novo momento de captação de capital semente para nosso crescimento já com um histórico ainda mais consolidado de sustentabilidade.

COLABORAÇÃO
Por favor, selecione as áreas de intervenção no mercado de melhoria de moradias

Financiamento, Design, Tecnologia, Trabalho, Geração de renda.

Sua inovação busca solucionar desafios no mercado de melhoria de moradias/habitação progressiva? Em caso positivo, por favor descreva em detalhes os mecanismos desta intervenção.

Sim, na medida em que oferecemos a proposta de auto construcao aliada a proposta de profissionalização e a criação de ferramenta de gestão para jovens em situação de vulnerabilidade. O projeto preve o desenvolvimento de uma poupança comunitária com cada grupo possuindo fundos de reserva e adquirindo capacidade de poupar; Estruturar o fundo rotativo para o pagamento das casas e compra de insumos para novas casas; Curso de Alfabetização Financeira - Diagnosticar conhecimentos e capacidades especificas; identificar pessoas aptas para assumir o controle das estruturas e do projeto produtivo; Gestão participativa na elaboração do plano do condomínio. Formação e Experimentação de Novas técnicas - utilização de métodos ecologicamente saudáveis e economicamente viáveis, que respondam as necessidades básicas sem explorar ou poluir o meio ambiente, que se tornem auto-suficientes em longo prazo. Todas estas ferramentas integradas vao possibilitar que a metodologia seja multiplicada e aplicada com eficacaio e eficiencia , impactando o setor da construcao civil.

Você tem atualmente alguma colaboração com empresas privadas ou teve alguma colaboração com empresas privadas no passado? Com quais empresas?

Sim. Nosso projeto conta com um grupo multi-disciplinar de empresas apoiadoras, dentre as quais destacam-se Saint Gobain do Brasil, Sabiá Residencial, NSI Consultoria e o escritório de arquitetura Forte, Gimenes, Marcondes Ferraz.

Por favor, descreva em detalhes a natureza de sua(s) parceria(s)

Criamos uma espécie de consórcio social, onde cada uma das empresas acima contribui com seu campo de conhecimento. Diversos times inter-disciplinares se envolvem para viabilizar o novo ciclo do projeto. Por exemplo, para a aquisição das áreas onde serão viabilizados os projetos, há o envolvimento dos departamentos jurídico e financeiro para a realização do adequado Due Dilligence. Para a capacitação dos assistidos e coordenação do envolvimento de eventuais voluntários, há o envolvimento dos departamentos de RH. Para a implantação das casas, coordenação dos projetos executivos e acompanhamento de obras, há a participação do grupo técnico. E assim por diante.

Selecione as unidades com as quais a parceria foi estabelecida

randomness