IBIRA - Fauna | Flora | Gente

Congratulations! This Entry has been selected as a semifinalist.

IBIRA - Fauna | Flora | Gente

São Paulo, BrasilMunicípio - Carvalho - Bairro Rural - Muquem, Brasil
Estágio do Projeto:
Ideia
Orçamento: 
$1,000 - $10,000
Resumo do projeto
Pitch de Elevador (Explicação curta e direta)

Resumo conciso: Ajude-nos a lançar esta solução! Forneça uma explicação dentro de 3-4 frases curtas.

Hint: This will be the first introductory text about this project that viewers will see.
Designer tecelão transforma pequeno lugarejo Muquem em espaço produtivo. Mulheres artesãs tecendo e mudando suas vidas.
Renato Imbroisi de forma justa e sustentável ensina técnicas a mulheres camponesas.

E SE... - Inspiração: Escreva uma frase que descreve uma forma que seu projeto se atreve a perguntar: "E SE?"

E se unissemos as mãos que tecem, que bordam, que costuram e abraçassemos o mundo? Estas pessoas em cada ponto entregam um pouco de suas energias, de amor e de esperança por um mundo melhor.
SOBRE O PROJETO

Problema: Este projeto busca solucionar qual problema?

O fortalecimento da cadeia produtiva de tecelagem artesanal como forma de gerar renda e de produzir produtos de qualidade de forma sustentável. Já comprovamos que é possível agora precisamos prosseguir e divulgar. Conseguimos uma notoriedade e uma ótima divulgação com a exposição IBIRÁ-FLORA marca a primeira etapa do Projeto IBIRÁ, que tem como tema o Parque do Ibirapuera em três aspectos: Flora, Fauna e Gente. Queremos realizar a FAUNA e a GENTE

Solução: Qual é a solução proposta? Por favor, seja específico!

Temos uma linha de produção pequena, mas que a anos vem se firmando. Trabalhamos de forma coletiva e conseguimos gerar renda para muitas mulheres camponesas. Realizamos IBIRÁ-FLORA, exposição com curadoria do designer e tecelão RENATO IMBROISI. A mostra, que retratou a flora do Parque do Ibirapuera foi toda estruturada com 1800 metros de tecidos feitos à mão no bairro rural do Muquém, Sul de Minas Gerais . Foi lá que o designer iniciou, em 1985, sua trajetória de muitas parcerias com comunidades de artesãos de todas as regiões do Brasil e em outros países.Proposta realizar a exposição FAUNA e GENTE e consolidar a produção artesanal das tecelas de Muquem com tecelagem, com a participação de bordadeiras de Brasília e costureiras do Sul.

Prêmios

Prêmio Brasil Faz Design e participa de exposição em Milão, Itália.Prêmio Sebrae TOP 100 de Artesanato- projeto dirigido por Renato Imbroisi intitulado Bichos do Mar de dentro.:
Impact: How does it Work

Exemplo: Compartilhe um exemplo específico de como essa solução faz a diferença, inclua situações práticas.

Renato Imbroisi tem em sua bioum bonito capítulo de doação. Em 1986, com o objetivo de pesquisar técnicas de tear, realizou uma incursão às áreas rurais do sul de Minas . Chegou à comunidade de Muquém, onde viviam, sem luz elétrica, cerca de 400 hab.. Lá, conheceu artesãs que faziam colchas e mantas em rústicos teares de 1,80 m . Sem emendas, as peças o impressionaram. Faltavam aos produtos diferenciais criativos e visibilidade no mercado. No quesito inovação, Renato sugeriu misturar sementes e fibras vegetais aos fios. Foi quando palha de milho, taboa, avenca e outras espécies locais se juntaram às tramas de cortinas, xales e jogos americanos. Encomendas Conquistadas! No quesito inovação, Renato sugeriu misturar sementes e fibras veg

Impacto: Qual tem sido o impacto do seu trabalho até hoje? Descreva também o impacto esperado para o futuro do projeto.

Esse número aumenta significativamente conforme chegam os pedidos. Quase três décadas depois, são muitos os frutos da generosidade de Renato. Entre eles, a mudança de perspectiva profissional nos habitantes. Pessoas ociosas passaram a trabalhar na coleta e tratamento das fibras. Às novas gerações veio o desejo de aprender a tecer. “NOSSO TRABALHO NÃO TERIA SOBREVIVIDO SEM A AJUDA DO RENATO. A COMUNIDADE FICOU MAIS UNIDA COM O NOVO JEITO DE TRABALHAR”, diz Eva Maciel da Cunha, líder das artesãs. Ah! E há dez anos, finalmente chegou luz ao Muquém Queremos no futuro construir e fortalecer os saberes tradicionais e possibilitar mais troca destes saberes entre as comunidades que tecem, que bordam, que costuram entre outras técnicas artesanais. Acreditamos no artesanato como forma justa e sustentável de produção Não pensamos em produzir em grande escala, mas com qualidade vender e gerar renda

Estratégias de Expansão: Avançando o projeto, quais são as principais estratégias para ampliar o seu impacto?

Propiciar maior visibilidade Continuar com as capacitações, aperfeiçoamento o acabamento e buscando sempre em cada produto pensar no reaproveitamento e no uso de materia prima de cada lugar. Criar um site de e-comerce para venda e comercialização dos produtos.
Sustentabilidade

Plano de Sustentabilidade Financeira: Qual é o plano para garantir a sustentabilidade financeira do projeto?

Ampliar as vendas em até 50% Manter a qualidade Plano de Comunicação

Mercado ou Setor: Quais projetos ou organizações estão solucionando o mesmo problema que você e como essas propostas diferem da sua?

Renato Imbroisi trabalho em muitas comunidades desenvolvendo produtos com a identidade cultural de cada lugar. O mergulho na identidade cultural de cada lugar acreditamos ser a grande diferença para os resultados obtidos.
Equipe

História de fundação

Em 1986, com o objetivo de pesquisar técnicas de tear, realizou uma incursão às áreas rurais do sul de Minas Gerais. Chegou à comunidade de Muquém, próxima de Carvalhos, 380 km ao sul de Belo Horizonte, onde viviam, sem luz elétrica, cerca de 400 hab. Lá, conheceu artesãs que faziam colchas e mantas em rústicos teares de 1,80 m de comprimento. Sem emendas, as peças o impressionaram. Faltavam aos produtos, porém, diferenciais criativos e visibilidade no mercado – até então, tudo era para consumo próprio ou para a troca com mercadorias dentro da comunidade. No quesito inovação, Renato sugeriu misturar sementes e fibras vegetais aos fios. Foi quando palha de milho, taboa, avenca e outr

Equipe

Liana Bloisi Tina Del Plumo Lui de Cuervo E diversos designer
Cadeia de valor: Onde seu trabalho se encaixa na cadeia têxtil? [selecione todas que se aplicarem]

Matérias-primas, Manufatura, Consumo.

Sua função: Qual é a sua relação com a indústria têxtil? [selecione todas que se aplicarem]

Designer, Agricultor(a) ou representante de associação de agricultores, Membro de equipe de instituição sem fins lucrativos, Elaborador(a) de políticas públicas, Pesquisador(a).

Grupo alvo: Com quais grupos de atores da indústria têxtil você se envolve ou capacita por meio de seu trabalho? [selecionar todas que se apliquem]

Designers, Agricultor(a) ou Representante de Associação de Agricultores, Mulheres, Jovens.

Foco de Intervenção: O que você está tentando alcançar/influenciar? [selecionar todas que se aplicarem]

Acesso a Serviços Essenciais (como cuidados médicos e educação), Acesso a Finanças, Acesso a Serviços de Proteção Social (como Seguro, Pensão, etc.), Responsabilidade, Consumo Consciente, Práticas Ambientalmente Sustentáveis, Direitos Trabalhistas (como Negociação Coletiva, etc.), Igualdade de Gêneros, Contra o trabalho forçado e contra o tráfico humano, Assistência humanitária e em casos de catástrofes, Economia de reciclagem ou circular, Condições Físicas de Trabalho, Transparência.

Instrumento para mudança: Selecione até 3 maneiras em que seu trabalho está ajudando a transformar a indústria.

Desenvolvimento de Capacidades, Organização, Política.

Seu projeto tem como objetivo solucionar algum dos seguintes obstáculos chave?

A sustentabilidade ainda não está no DNA: O modelo atual de moda rápida desincentiva economias impulsionadas por valor.

Seu projeto utiliza algum dos princípios de design inovadores abaixo?

Unir mais do que uma voz: Fazer a ponte com os bens comuns e recursos coletivos, Ativar o conhecimento local para impulsionar soluções: Criar oportunidades para trabalhadores se tornarem líderes, Mudar negócios habituais: Identificar atores-chave que possam influenciar o resultado final, Transformar a cadeia em uma rede: Conectar setores improváveis que abram novos caminhos para a sustentabilidade.

Inspiração para a inovação: Quando você pensou em seu projeto pela primeira vez, você pensou nele como aplicável à indústria têxtil?

não

Se você respondeu 'não' na pergunta anterior, seu projeto originalmente tinha o objetivo de transformar qual indústria?

Desenvolvimento da Comunidade, Responsabilidade Social Corporativa, Conservação, Desenvolvimento Econômico, Meio ambiente, Comércio Justo, Consumo sustentável, Direitos Humanos, Redução da pobreza, Desenvolvimento rural, Agricultura Sustentável, Desenvolvimento Sustentável, Reciclagem, Desenvolvimento de jovens, Liderança de jovens.

Replicando na indústria têxtil: Se inicialmente o seu projeto não era direcionado para a indústria têxtil, como você o está personalizando especificamente para direcioná-lo agora?

Podemos ser referência em design de qualidade e a indústria sempre bebeu na fonte dos saberes tradicionais .

Você está cultivando ou inspirando outras pessoas a serem agentes de transformação? Se sim, como?

Sim. Hoje por meio de palestras, encontros e livros impressos.

Conte sobre as parcerias que te ajudam a melhorar sua abordagem. Como você colaborou com outros atores na indústria para aumentar seu impacto?