Desafio “Tecnologia é Ponte”: Finalistas anunciados!

Desafio “Tecnologia é Ponte”: Finalistas anunciados!

foto de Isabela Carvalho
O papel da tecnologia na melhoria da educação é um tema que inspira discussões em diversos níveis e universos - escolas, organizações, órgãos públicos, iniciativas privadas. Tablets, computadores, celulares e tantos outros aparelhos vêm demonstrando que as TICs (Tecnologias da Informação e da Comunicação) podem ser fundamentais se queremos uma educação mais democrática e inclusiva.
 
O Changemakers da Ashoka e o Instituto Embratel Claro se uniram e lançaram o desafio “Tecnologia é Ponte: diminuindo as distâncias na educação”, que mapeou iniciativas em todo o Brasil que usam a tecnologia para aproximar crianças e jovens de novos saberes. Buscamos projetos que veem nas TICs a possibilidade de gerar mais oportunidades àqueles que por alguma razão têm suas chances reduzidas, seja por questões geográficas, sociais, físicas ou mentais.
 
Hoje, anunciamos os grandes finalistas desse desafio!
 
Inspira os estudantes a aprender e explorar conhecimento em uma rede online colaborativa e 100% gratuita.
 
Software que, através do brincar, promove novas experiências educacionais e de tratamento do autismo. 
 
Desenvolve e fomenta ações de educomunicação junto a escolas municipais de Santarém-PA, através de programas de rádio. 
 
Rede de aprendizagem que incentiva a troca de conhecimentos e práticas sobre consumo consciente, utilizando conteúdos gamificados e intervenções comunitárias para a sustentabilidade.
 
Democratiza o acesso à educação para crianças com deficiência visual, melhorando o contato com o mundo digital por meio de um software de fácil uso, baixo custo e alta portabilidade.
 
Ferramenta que permite que grupos de alunos criem games com conteúdos educacionais e sejam desenvolvedores de conhecimento, tendo a mentoria de seus professores.
 
Com um modelo de estudo personalizado, autoinstrucional e atrativo, proporciona mais oportunidades a jovens que desejam chegar à universidade ou conquistar o diploma do Ensino Médio.
 
Permite o compartilhamento de conteúdos digitais organizados em bibliotecas termáticas, sem a necessidade de Internet, gerando uma rede wifi aberta, em um TPLink alterado por código aberto. 
 
Com foco em ferramentas de Tecnologia da Informação e Comunicação aliadas às regras de negócios, o IOS busca formar não só um profissional competente para as suas tarefas no ambiente corporativo, mas um cidadão consciente de suas ações e papel na sociedade.
 
Desenvolve e aplica propostas metodológicas para a integração de tecnologias inovadoras de baixo custo no ensino das disciplinas STEM na Educação Básica da rede pública de ensino.
 
Promove conhecimentos básicos de informática, melhoria da qualidade de vida e fortalecimento da autoestima a pessoas com transtornos mentais leves, proporcionando maior interação e inclusão no mundo digital. 
 
Atua em duas frentes: Tunnel Lab ONG, que tem como objetivo resolver os principais problemas de comunidades; e Tunnel Lab Academy, uma escola de empreendedorismo social online com ênfase em produção de projetos.
 
Esses 12 projetos se destacaram nos critérios de inovação, impacto social e sustentabilidade financeira. Eles serão convidados a workshops online com especialistas, para que possam lapidar ainda mais as suas ações e multiplicar o impacto. Além disso, concorrem em março a um prêmio em dinheiro que totaliza R$36 mil para ser investido no projeto.
 
Parabéns a todos os participantes! O número de projetos de qualidade demonstrou que o Brasil possui pessoas realmente comprometidas com uma educação que permita que todos sejam verdadeiros agentes de transformação e alcancem seus potenciais.